DESCOMPLICANDO O VEGANISMO
RECEITAS VEGANAS
Transição para o veganismo


9 janeiro, 2019

Esse não é um post irônico sobre as desvantagens em ser vegano. E também não tem nada a ver com a ideia de que, ao virar vegano, você vai perder fontes de cálcio e proteína. Na verdade, a única coisa que perdemos no quesito nutricional é a B12 e, olhe lá, pois a deficiência dessa vitamina não é uma exclusividade dos veganos.

 

Eu sou a pessoa que sempre fala o quanto ser vegano é maravilhoso. O quando sua vida muda, sua saúde melhora e sua visão de mundo se transforma. Realmente, o saldo é bem mais positivo do que negativo. Não tem como comparar. Mas, ainda assim, existem algumas coisinhas chatas que eu considero as desvantagens em ser vegano, afinal, nenhuma pessoa que come carne passa por isso.

 

 

Que fique claro: essas desvantagens não são nenhum impedimento para quem deseja se tornar vegano. São situações chatas do dia dia, com as quais aprendemos a lidar facilmente. Hoje, eu tiro de letra todas elas. Seu cabelo não vai cair, você não vai ter anemia – é claro, se cuidar da alimentação – e nem perder um dedinho do pé. Você não vai começar a ser good vibes, comer grama ou nunca mais colocar um hambúrguer na boca.

 

Nenhuma desvantagem em ser vegano é capaz de superar os benefícios. Nenhuma piadinha, dificuldade em encontrar linguiça de soja ou vontade de comer requeijão supera nossa compaixão. Quem olha de fora, pensa que tudo é desvantagem. Mas quem faz essa escolha, sabe que toda renúncia vem acompanhada de uma sensação de preenchimento indescritível.

 

Mas, Lu, quais são, então, as desvantagens em ser vegano, ué? Cá estão elas…

 

As 5 desvantagens em ser vegano

 

1. Você vai se afastar de certas pessoas

 

Ou elas vão se afastar de você. Mas, acredite, se elas o fizerem é porque nem mereciam estar ao seu lado. Assim como se precisar chegar no nível de você se afastar, é porque, realmente, essa pessoa não lhe traz mais nada de positivo.

 

desvantagens em ser vegano - amigos

 

Temos que estar ao lado de pessoas que nos apoiam, que, mesmo com ideais diferentes, nos entendam e, acima de tudo, nos respeitem. Uma piadinha e o clássico mas as proteínas até vai. Agora, o que não vale é a pessoa deixar de te convidar para os lugares, inferiorizar o que você acredita, fazer brincadeiras desrespeitosas e ter atitudes que te deixem descontáveis. Se o diálogo não resolver, se afastar é consequência.

 

Eu, Luana, não me afastei de ninguém. Alguns dos meus amigos viraram vegetarianos, veganos e os outros, por mais que zombem da minha salsicha de cenoura, nunca me desrespeitaram. Eu não acho que você precisa reformular todo o seu círculo social ou conviver só com pessoas que pensam igual a você, até porque isso não é saudável, mas virar vegano pode abrir os seus olhos em relação a muitas pessoas.

 

No fim das contas, quem gosta de você, vai continuar ao seu lado. Talvez, a pessoa não queira escutar sobre veganismo, mas o mais importante é que ela não vai tirar sua voz por isso. Já quem não soma, vai sair da sua vida aos poucos. Então, talvez, isso nem seja desvantagem, não é?

 

2. 80% das pessoas vai achar que você está doente

 

Mas como você consegue proteína? E seus ossos? Sua pele não está mais pálida, não? Você no médico? Deixa eu ver o seu olho…

 

Tem gente que é mais sutil, tem gente que joga na lata, mas boa parte das pessoas sempre vão achar que você tem deficiência de alguma vitamina, está sem proteína ou vai ter que ir pro hospital a qualquer momento. Às vezes, dá vontade de andar com os exames de sangue na bolsa e não falar nada, só tirar o envelope da bolsa 

 

O que eu mais acho engraçado é que desses 80%, 0,2% são nutricionistas. O resto repete ideias do senso comum que, apesar de compreensíveis, enchem o saco. No começo, eu era bem mais ríspida. Hoje, eu tento explicar, com bons argumentos e usando exemplos, como é possível ser saudável e vegano. Boa parte dessas pessoas vai escutar com curiosidade e mudar algumas ideias equivocadas. Outras vão partir para o mas não dá pra viver sem bacon. Aí você só acena, concorda e finge que a sua mãe está te ligando.

 

3. E outros 50% vão sentir pena

 

Mas não pode nem um pedacinho? Você não fica triste por não poder comer? Ah, que pena, você não vai mais no Mc Donald’s. Mas você gostava tanto de sashimi né. Come aqui, escondidinho, eu não conto para ninguém…

 

Muitos acham que eu estou sofrendo por não comer o bolo de aniversário da minha amiga ou que, por dentro, estou implorando por coxinha. Que eu passo meus dias chorando em posição fetal por não comer frango frito e brigadeiro de leite ninho.

 

Nessa situação, uso sempre a mesma frase: não é questão de poder ou não, é uma escolha e eu sou feliz por ela. Não é que eu não posso comer pudim porque sou alérgica à proteína do leite de vaca. Eu escolhi não tomar leite por não querer fazer parte desse sistema cruel. O que, na verdade, me faz bem é não tomar leite. Eu estou plena e satisfeita com essa decisão. Mas demora um tempo até que todos entendam que você não vê problema nenhum em ir em uma pizzaria e comer batata frita ou ter que levar marmitinha de brownie vegano para as festas.

 

4. Alguns industrializados são uma fortuna

 

Qualquer queijo, linguiça, croquete, requeijão, manteiga em sua versão vegana vai ser o dobro do normal. São raros os produtos que têm um preço similar. O leite de amêndoas no mercado, então? Você coloca no carrinho e, em troca, deixa um rim. O meu industrializado favorito, por exemplo, é um empanadinho de frango que custa R$20, enquanto 300 gramas de nuggets custam R$6.

 

Mas, calma, nenhum vegano vive de produtos industrializados. Nosso negócio mesmo é ir na sessão de hortifruti e na xepa de feira. Meu maior prazer é pagar R$1,50 na dúzia do limão e R$1 no pé de alface. E quando um repolho enorme está R$2? Amo! Os industrializados viram algo mais esporádico, coisa para ocasiões especiais, a não ser que, é claro, você tenha renda o suficiente para comprar quando quiser.

 

Essa é uma das desvantagens em ser vegano que, pensando bem, vira vantagem quando você percebe que quem ganha é a sua saúde ao diminuir a quantidade de açúcar, sódio e gordura. Sem falar que você não precisa de leite de castanha de caju, tofu defumado e bacon de soja para ser vegano. O básico, frutas, verduras, legumes, cereais e leguminosas, é o que você precisa para ter uma alimentação equilibrada, muito saborosa e livre de crueldade animal.

 

Com o tempo, você descobre como fazer seu próprio hambúrguer de lentilha, seu hommus com grão de bico e seu pão de “queijo” com polvilho. Descobre o poder da banana congelada e a maravilhosidade que é o abacate. Seu paladar não pede por industrializados diante de um mundo de novos sabores incríveis.

 

5. Coisas, antes normais, passam a incomodar

 

O cheiro de peixe na feira. Ir a churrascarias. Ver propaganda de leite com vacas felizes. Ver carne orgânica no mercado. Colocarem frango em todas as saladas. Ter que explicar a diferença entre uma rúcula e um porco. Carne crua. Frango cru. Carne em qualquer lugar. Falarem que o ovo é um superalimento. Colocarem bacon na farofa e falarem que é “só separar”.

É igual quando você descobre o feminismo. Vira uma chavinha e o mundo vira 360 graus. Nada é igual. Nunca mais você vai passar pela seção do açougue com os mesmos olhos. Nunca mais vai achar normal venderem pé de porco e coração de galinha. Não tem mais como não associar aquele pedaço hambúrguer com a vida que ele foi um dia. Não é mais hambúrguer, agora, é um boi.

 

Mas está tudo bem. Todas essas coisas ganham um peso imenso no começo, mas, aos poucos, você aprende a lidar com essas crueldades disfarçadas de hábitos. Você entende qual é o seu papel nessa mudança e dá a volta na feira, entrando direto nas bananas, não no peixe.

 

Você enxerga outras desvantagens em ser vegano e como você lida com as que eu citei? Comente aqui embaixo, sim? E se você não é, mas o que está esperando? 

 

❤ Outros posts que você pode gostar ❤

 

Verdades sobre o veganismo que ninguém te conta

➳ O que eu como em um dia?

#BelezaVegana: marcas de maquiagem veganas (100%)

Como substituir leite?

Sorvete vegano em uma nuvem de algodão doce

Como saber se um produto é vegano?

➳ Lugares veganos para visitar em SP

 

Vem passear na categoria Experiências ou na tag veganismo 🌱

Também estou aqui: 

Instagram l Facebook l Twitter l Pinterest l Youtube


Esse não é um post irônico sobre as desvantagens em ser vegano. E também não tem nada a ver com a ideia de que, ao virar vegano, você vai perder fontes de cálcio e proteína. Na verdade, a única coisa que perdemos no quesito nutricional é a B12 e, olhe lá, pois a deficiência dessa vitamina não é uma exclusividade dos veganos.

 

Eu sou a pessoa que sempre fala o quanto ser vegano é maravilhoso. O quando sua vida muda, sua saúde melhora e sua visão de mundo se transforma. Realmente, o saldo é bem mais positivo do que negativo. Não tem como comparar. Mas, ainda assim, existem algumas coisinhas chatas que eu considero as desvantagens em ser vegano, afinal, nenhuma pessoa que come carne passa por isso.

 

 

Que fique claro: essas desvantagens não são nenhum impedimento para quem deseja se tornar vegano. São situações chatas do dia dia, com as quais aprendemos a lidar facilmente. Hoje, eu tiro de letra todas elas. Seu cabelo não vai cair, você não vai ter anemia – é claro, se cuidar da alimentação – e nem perder um dedinho do pé. Você não vai começar a ser good vibes, comer grama ou nunca mais colocar um hambúrguer na boca.

 

Nenhuma desvantagem em ser vegano é capaz de superar os benefícios. Nenhuma piadinha, dificuldade em encontrar linguiça de soja ou vontade de comer requeijão supera nossa compaixão. Quem olha de fora, pensa que tudo é desvantagem. Mas quem faz essa escolha, sabe que toda renúncia vem acompanhada de uma sensação de preenchimento indescritível.

 

Mas, Lu, quais são, então, as desvantagens em ser vegano, ué? Cá estão elas…

 

As 5 desvantagens em ser vegano

 

1. Você vai se afastar de certas pessoas

 

Ou elas vão se afastar de você. Mas, acredite, se elas o fizerem é porque nem mereciam estar ao seu lado. Assim como se precisar chegar no nível de você se afastar, é porque, realmente, essa pessoa não lhe traz mais nada de positivo.

 

desvantagens em ser vegano - amigos

 

Temos que estar ao lado de pessoas que nos apoiam, que, mesmo com ideais diferentes, nos entendam e, acima de tudo, nos respeitem. Uma piadinha e o clássico mas as proteínas até vai. Agora, o que não vale é a pessoa deixar de te convidar para os lugares, inferiorizar o que você acredita, fazer brincadeiras desrespeitosas e ter atitudes que te deixem descontáveis. Se o diálogo não resolver, se afastar é consequência.

 

Eu, Luana, não me afastei de ninguém. Alguns dos meus amigos viraram vegetarianos, veganos e os outros, por mais que zombem da minha salsicha de cenoura, nunca me desrespeitaram. Eu não acho que você precisa reformular todo o seu círculo social ou conviver só com pessoas que pensam igual a você, até porque isso não é saudável, mas virar vegano pode abrir os seus olhos em relação a muitas pessoas.

 

No fim das contas, quem gosta de você, vai continuar ao seu lado. Talvez, a pessoa não queira escutar sobre veganismo, mas o mais importante é que ela não vai tirar sua voz por isso. Já quem não soma, vai sair da sua vida aos poucos. Então, talvez, isso nem seja desvantagem, não é?

 

2. 80% das pessoas vai achar que você está doente

 

Mas como você consegue proteína? E seus ossos? Sua pele não está mais pálida, não? Você no médico? Deixa eu ver o seu olho…

 

Tem gente que é mais sutil, tem gente que joga na lata, mas boa parte das pessoas sempre vão achar que você tem deficiência de alguma vitamina, está sem proteína ou vai ter que ir pro hospital a qualquer momento. Às vezes, dá vontade de andar com os exames de sangue na bolsa e não falar nada, só tirar o envelope da bolsa 

 

O que eu mais acho engraçado é que desses 80%, 0,2% são nutricionistas. O resto repete ideias do senso comum que, apesar de compreensíveis, enchem o saco. No começo, eu era bem mais ríspida. Hoje, eu tento explicar, com bons argumentos e usando exemplos, como é possível ser saudável e vegano. Boa parte dessas pessoas vai escutar com curiosidade e mudar algumas ideias equivocadas. Outras vão partir para o mas não dá pra viver sem bacon. Aí você só acena, concorda e finge que a sua mãe está te ligando.

 

3. E outros 50% vão sentir pena

 

Mas não pode nem um pedacinho? Você não fica triste por não poder comer? Ah, que pena, você não vai mais no Mc Donald’s. Mas você gostava tanto de sashimi né. Come aqui, escondidinho, eu não conto para ninguém…

 

Muitos acham que eu estou sofrendo por não comer o bolo de aniversário da minha amiga ou que, por dentro, estou implorando por coxinha. Que eu passo meus dias chorando em posição fetal por não comer frango frito e brigadeiro de leite ninho.

 

Nessa situação, uso sempre a mesma frase: não é questão de poder ou não, é uma escolha e eu sou feliz por ela. Não é que eu não posso comer pudim porque sou alérgica à proteína do leite de vaca. Eu escolhi não tomar leite por não querer fazer parte desse sistema cruel. O que, na verdade, me faz bem é não tomar leite. Eu estou plena e satisfeita com essa decisão. Mas demora um tempo até que todos entendam que você não vê problema nenhum em ir em uma pizzaria e comer batata frita ou ter que levar marmitinha de brownie vegano para as festas.

 

4. Alguns industrializados são uma fortuna

 

Qualquer queijo, linguiça, croquete, requeijão, manteiga em sua versão vegana vai ser o dobro do normal. São raros os produtos que têm um preço similar. O leite de amêndoas no mercado, então? Você coloca no carrinho e, em troca, deixa um rim. O meu industrializado favorito, por exemplo, é um empanadinho de frango que custa R$20, enquanto 300 gramas de nuggets custam R$6.

 

Mas, calma, nenhum vegano vive de produtos industrializados. Nosso negócio mesmo é ir na sessão de hortifruti e na xepa de feira. Meu maior prazer é pagar R$1,50 na dúzia do limão e R$1 no pé de alface. E quando um repolho enorme está R$2? Amo! Os industrializados viram algo mais esporádico, coisa para ocasiões especiais, a não ser que, é claro, você tenha renda o suficiente para comprar quando quiser.

 

Essa é uma das desvantagens em ser vegano que, pensando bem, vira vantagem quando você percebe que quem ganha é a sua saúde ao diminuir a quantidade de açúcar, sódio e gordura. Sem falar que você não precisa de leite de castanha de caju, tofu defumado e bacon de soja para ser vegano. O básico, frutas, verduras, legumes, cereais e leguminosas, é o que você precisa para ter uma alimentação equilibrada, muito saborosa e livre de crueldade animal.

 

Com o tempo, você descobre como fazer seu próprio hambúrguer de lentilha, seu hommus com grão de bico e seu pão de “queijo” com polvilho. Descobre o poder da banana congelada e a maravilhosidade que é o abacate. Seu paladar não pede por industrializados diante de um mundo de novos sabores incríveis.

 

5. Coisas, antes normais, passam a incomodar

 

O cheiro de peixe na feira. Ir a churrascarias. Ver propaganda de leite com vacas felizes. Ver carne orgânica no mercado. Colocarem frango em todas as saladas. Ter que explicar a diferença entre uma rúcula e um porco. Carne crua. Frango cru. Carne em qualquer lugar. Falarem que o ovo é um superalimento. Colocarem bacon na farofa e falarem que é “só separar”.

É igual quando você descobre o feminismo. Vira uma chavinha e o mundo vira 360 graus. Nada é igual. Nunca mais você vai passar pela seção do açougue com os mesmos olhos. Nunca mais vai achar normal venderem pé de porco e coração de galinha. Não tem mais como não associar aquele pedaço hambúrguer com a vida que ele foi um dia. Não é mais hambúrguer, agora, é um boi.

 

Mas está tudo bem. Todas essas coisas ganham um peso imenso no começo, mas, aos poucos, você aprende a lidar com essas crueldades disfarçadas de hábitos. Você entende qual é o seu papel nessa mudança e dá a volta na feira, entrando direto nas bananas, não no peixe.

 

Você enxerga outras desvantagens em ser vegano e como você lida com as que eu citei? Comente aqui embaixo, sim? E se você não é, mas o que está esperando? 

 

❤ Outros posts que você pode gostar ❤

 

Verdades sobre o veganismo que ninguém te conta

➳ O que eu como em um dia?

#BelezaVegana: marcas de maquiagem veganas (100%)

Como substituir leite?

Sorvete vegano em uma nuvem de algodão doce

Como saber se um produto é vegano?

➳ Lugares veganos para visitar em SP

 

Vem passear na categoria Experiências ou na tag veganismo 🌱

Também estou aqui: 

Instagram l Facebook l Twitter l Pinterest l Youtube


TAGS:




Nenhum comentário em “5 desvantagens em ser vegano, sem ironia”


Deixe seu comentário:

NÃO PERCA AS NOVIDADES, CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER!