• Pinceis favoritos para pele da Macrilan – Corretivo, base, blush SLIDE
  • simple-responsive-slide-disney


26 outubro, 2016

Minha namorada esses dias me perguntou qual era o meu lugar preferido no mundo e, sem sombra de dúvidas, Orlando está na listinha – talvez, até no primeiro lugar. Só de lembrar das minhas viagens para lá, sinto o coração quentinho, sabe? Eu amo o cheiro, as cores, a vibração, a vida naquele lugar. Mas se engana quem pensa que só de Disney se faz uma Orlando. A cidade e seus arredores têm muito mais para ser explorado (e amado!).

 

Nesse post, reuni cinco desses lugares que visitei para você ir além caso esteja planejando uma viagem a Orlando. É claro, os parques valem muito a pena, é onde está a magia, mas sair um pouquinho do clichê também faz bem. Vamos nessa?

 

💚 CELEBRATION 💚

lugares_diferentes_em_orlando_celebration_3

Começando pela minha queridinha. Desde que coloquei os pés nessa cidade de boneca, quis ficar por lá para sempre. Apesar de parecer mais uma comunidade, Celebration tem infraestrutura de cidade, com escola, hospital, mercado, banco, igrejas, etc. Ela é o resultado de um dos sonhos do Walt Disney: uma cidade modelo onde os funcionários pudessem morar. De futurista e acessível ela não tem nada, mas ainda é um bom lugar para passar uma tarde calma, com muito verde e se sentindo em um cenário cinematográfico.

 

A Disney Company, hoje, se afastou da administração do lugar, mas sua estrutura de organização impecável permanece. A cidade leva tão a sério a beleza de suas ruas que os proprietários devem seguir algumas regras, como, por exemplo, não deixar a grama crescer e não pintar a fachada de suas casas de determinadas cores. Pretty hurts, não é mesmo? É um lugar super privilegiado, com aproximadamente 9 mil moradores – e a mansão de férias do Silvio Santos.

 

Quando conheci e me apaixonei por Celebration, era época de natal e um dos meus arrependimentos foi não ter ficado até à noite para ver as decorações, provavelmente, incríveis das casas. Natal nos EUA é para levar a sério, minha gente! Ai, que saudade da Mariah Carey cantando All I Want For Christmas Is You por aí nas ruas. Além disso, na praça principal, há uma pista de patinação e neve falsa para as crianças – e adultos, por que não?

 

Celebration, porém, é um lugar para ver, não para comprar. É bom ir, procurar um lugar para almoçar (o Panera Bread tem opções veganas e o Thai Thani é vegetarian friendly), passear na orla do lago, dentro da cidade para ver as casas e tirar, é claro, muitas fotos.

 

Se eu pudesse escolher agora um lugar para morar e passar o resto da vida, seria Celebration. Alguém aí tem uma lâmpada mágica? Alguém?

lugares_diferentes_em_orlando_celebration_2lugares_diferentes_em_orlando_celebration

lugares_diferentes_em_orlando_celebration_4lugares_diferentes_em_orlando_celebration_5

💚 ORLANDO EYE E MADAME TUSSAUDS 💚

 

Os dois vão de uma só vez, porque são basicamente um do lado do outro, no I-Drive 360, um centro de entretenimento que oferece alternativas na cidade além dos parques. Se você precisa escolher um, vá ao Orlando Eye, mas caso tenha um tempinho sobrando, passe no Madame Tussauds e entre na roda gigante (de quase 120 metros de altura) perto do pôr-do-sol, te garanto que a vista é de tirar o fôlego.

 

O museu de cera não é nada de espetacular, apesar de divertido. Adorei te conhecer, Taylor! Em menos de uma hora, você já conversou com o Obama, pediu conselho para a Oprah, subiu na bicicleta com o E.T. e dançou Single Ladies com a Beyoncé. Já o passeio no Orlando Eye dura cerca de 30 minutos, 10 em uma breve apresentação 4D e 20 na roda gigante. A cabine é hiper confortável, tem uma vista 360 ºC, além de tabletes que te mostram informações dos locais que é possível observar lá de cima. Os dois passeios saem por US$ 34 e um só US$ 25.

 

Deixei o Sea Life Orlando Aquarium de lado, porque eu, Luana, não iria novamente. Na época, eu ainda não tinha uma opinião tão formada sobre os animais nesses lugares, mas hoje vejo como algo ruim. O lugar dos bichinhos não é atrás de uma parede de vidro!

lugares_diferentes_em_orlando_orlando_eyelugares_diferentes_em_orlandolugares_diferentes_em_orlando_3 lugares_diferentes_em_orlando_4lugares_diferentes_em_orlando_museu_de_ceralugares_diferentes_em_orlando_museu_de_cera_5lugares_diferentes_em_orlando_museu_cera

💚 RIPLEY’S BELIVE IT OR NOT! 💚

 

Se você gosta de museus e coisas curiosas, vai se divertir no Ripley’s. Até a fachada que parece torta é inusitada. Vale a pena ir e chegar até o final para passar por um túnel muito doido que te dá a impressão de estar virando de ponta cabeça! De resto, você vai encontrar uma estátua do homem mais alto do mundo, peças medievais, jogos interativos, a maior cadeira do mundo, quadros de balas de goma, pedaços de skates quebrados (esse do Mario na foto!) e até uma Monalisa de pão.

 

É interessante depois de um dia de compras parar um pouquinho no Ripley’s para poder dizer que aproveitou tudo que Orlando tem a oferecer! O estacionamento é gratuito e o ingresso para adultos custa cerca de US$ 20.

lugares_diferentes_em_orlando_ripleyslugares_diferentes_em_orlando_ripleyslugares_diferentes_em_orlando_ripleys

💚 WINTER PARK 💚

 

Outra cidadezinha com ruas estreitas de paralelepípedo e árvores que te recebem de folhas abertas. Não é tão fofinha quanto Celebration, mas, ainda assim, é um respiro do caos (delícia!) dos parques. Winter Park foi fundada por magnatas americanos que moravam na Nova Inglaterra e vinham para a Flórida, fugindo do frio e neve.

 

Lá, eu fiz basicamente quatro coisas: andei de carro olhando as casas e construções da cidade, fiquei na praça da Park Avenue esperando minha mãe olhar as lojas e gravei este vídeo aqui (é sobre ser vegetariana nos EUA, corre lá!), fui na Rocket Fizz, uma loja incrível de doces, e no Scenic Boat.

 

Neste último passeio, em um barquinho que parece uma balsa, você aprecia a natureza, admira mansões e conhece um pouquinho mais da Flórida. Os guias só falam em inglês, mas, mesmo que você não tenha familiaridade com a língua, será legal, juro. Na passagem dos canais que conectam os lagos, vimos algumas pessoas tirando seus jet skis da garagem. Imagina, só? Acordei aqui em Winter Park, na minha mansão em frente ao lago, deixa eu ir dar uma volta de jet ski. Ah, e os guias asseguraram que não existem mais jacarés na região! Os barcos tem capacidade para 18 pessoas, saem de hora em hora e um lugar custa US$ 12.

 

Agora, a Rocket Fizz é parada obrigatória se você gosta de doces. Com um ar todo retrô, tem tantas opções de balas, chicletes, refrigerantes, chocolates, bombons, enfim, tudo com (muito) açúcar que você fica doido! Eu encontrei balinhas em embalagens feministas, balas de pipoca, torta de maçã, algodão doce, banana slipt, entre outros sabores inusitados, coisas que envolviam bacon e as famosas Jelly Belly Beans, que gravei o desafio nesse vídeo aqui (está super engraçado, sério!). O preço fica na média, mas, sem dúvidas, perder uns quarenta minutos fuçando nas coisas inusitadas dentro da loja vale a pena.

lugares_diferentes_em_orlando_winter_park_3lugares_diferentes_em_orlando_winter_park_2lugares_diferentes_em_orlando_winter_park_4

 

Ai, que saudade de Orlando 💚 Quem já foi pra lá tem alguma outra indicação de lugar além da Disney? Me contem nos comentários! E qual a próxima viagem que vocês estão planejando?

 

💚 Outros posts que você pode gostar 💚

Tour pelo Whole Foods

➳ Primeiros dias em Buenos Aires

➳ 10 dicas para aproveitar o Magic Kingdom

Casamento no castelo da Cinderela: quanto custa?

Adote, não compre

 

💚 Vem ler mais na tag Disney ou passear na categoria Lugares 💚

Vamos sonhar com viagens nas redes sociais:

Instagram l Facebook l Twitter l Pinterest l Youtube


Minha namorada esses dias me perguntou qual era o meu lugar preferido no mundo e, sem sombra de dúvidas, Orlando está na listinha – talvez, até no primeiro lugar. Só de lembrar das minhas viagens para lá, sinto o coração quentinho, sabe? Eu amo o cheiro, as cores, a vibração, a vida naquele lugar. Mas se engana quem pensa que só de Disney se faz uma Orlando. A cidade e seus arredores têm muito mais para ser explorado (e amado!).

 

Nesse post, reuni cinco desses lugares que visitei para você ir além caso esteja planejando uma viagem a Orlando. É claro, os parques valem muito a pena, é onde está a magia, mas sair um pouquinho do clichê também faz bem. Vamos nessa?

 

💚 CELEBRATION 💚

lugares_diferentes_em_orlando_celebration_3

Começando pela minha queridinha. Desde que coloquei os pés nessa cidade de boneca, quis ficar por lá para sempre. Apesar de parecer mais uma comunidade, Celebration tem infraestrutura de cidade, com escola, hospital, mercado, banco, igrejas, etc. Ela é o resultado de um dos sonhos do Walt Disney: uma cidade modelo onde os funcionários pudessem morar. De futurista e acessível ela não tem nada, mas ainda é um bom lugar para passar uma tarde calma, com muito verde e se sentindo em um cenário cinematográfico.

 

A Disney Company, hoje, se afastou da administração do lugar, mas sua estrutura de organização impecável permanece. A cidade leva tão a sério a beleza de suas ruas que os proprietários devem seguir algumas regras, como, por exemplo, não deixar a grama crescer e não pintar a fachada de suas casas de determinadas cores. Pretty hurts, não é mesmo? É um lugar super privilegiado, com aproximadamente 9 mil moradores – e a mansão de férias do Silvio Santos.

 

Quando conheci e me apaixonei por Celebration, era época de natal e um dos meus arrependimentos foi não ter ficado até à noite para ver as decorações, provavelmente, incríveis das casas. Natal nos EUA é para levar a sério, minha gente! Ai, que saudade da Mariah Carey cantando All I Want For Christmas Is You por aí nas ruas. Além disso, na praça principal, há uma pista de patinação e neve falsa para as crianças – e adultos, por que não?

 

Celebration, porém, é um lugar para ver, não para comprar. É bom ir, procurar um lugar para almoçar (o Panera Bread tem opções veganas e o Thai Thani é vegetarian friendly), passear na orla do lago, dentro da cidade para ver as casas e tirar, é claro, muitas fotos.

 

Se eu pudesse escolher agora um lugar para morar e passar o resto da vida, seria Celebration. Alguém aí tem uma lâmpada mágica? Alguém?

lugares_diferentes_em_orlando_celebration_2lugares_diferentes_em_orlando_celebration

lugares_diferentes_em_orlando_celebration_4lugares_diferentes_em_orlando_celebration_5

💚 ORLANDO EYE E MADAME TUSSAUDS 💚

 

Os dois vão de uma só vez, porque são basicamente um do lado do outro, no I-Drive 360, um centro de entretenimento que oferece alternativas na cidade além dos parques. Se você precisa escolher um, vá ao Orlando Eye, mas caso tenha um tempinho sobrando, passe no Madame Tussauds e entre na roda gigante (de quase 120 metros de altura) perto do pôr-do-sol, te garanto que a vista é de tirar o fôlego.

 

O museu de cera não é nada de espetacular, apesar de divertido. Adorei te conhecer, Taylor! Em menos de uma hora, você já conversou com o Obama, pediu conselho para a Oprah, subiu na bicicleta com o E.T. e dançou Single Ladies com a Beyoncé. Já o passeio no Orlando Eye dura cerca de 30 minutos, 10 em uma breve apresentação 4D e 20 na roda gigante. A cabine é hiper confortável, tem uma vista 360 ºC, além de tabletes que te mostram informações dos locais que é possível observar lá de cima. Os dois passeios saem por US$ 34 e um só US$ 25.

 

Deixei o Sea Life Orlando Aquarium de lado, porque eu, Luana, não iria novamente. Na época, eu ainda não tinha uma opinião tão formada sobre os animais nesses lugares, mas hoje vejo como algo ruim. O lugar dos bichinhos não é atrás de uma parede de vidro!

lugares_diferentes_em_orlando_orlando_eyelugares_diferentes_em_orlandolugares_diferentes_em_orlando_3 lugares_diferentes_em_orlando_4lugares_diferentes_em_orlando_museu_de_ceralugares_diferentes_em_orlando_museu_de_cera_5lugares_diferentes_em_orlando_museu_cera

💚 RIPLEY’S BELIVE IT OR NOT! 💚

 

Se você gosta de museus e coisas curiosas, vai se divertir no Ripley’s. Até a fachada que parece torta é inusitada. Vale a pena ir e chegar até o final para passar por um túnel muito doido que te dá a impressão de estar virando de ponta cabeça! De resto, você vai encontrar uma estátua do homem mais alto do mundo, peças medievais, jogos interativos, a maior cadeira do mundo, quadros de balas de goma, pedaços de skates quebrados (esse do Mario na foto!) e até uma Monalisa de pão.

 

É interessante depois de um dia de compras parar um pouquinho no Ripley’s para poder dizer que aproveitou tudo que Orlando tem a oferecer! O estacionamento é gratuito e o ingresso para adultos custa cerca de US$ 20.

lugares_diferentes_em_orlando_ripleyslugares_diferentes_em_orlando_ripleyslugares_diferentes_em_orlando_ripleys

💚 WINTER PARK 💚

 

Outra cidadezinha com ruas estreitas de paralelepípedo e árvores que te recebem de folhas abertas. Não é tão fofinha quanto Celebration, mas, ainda assim, é um respiro do caos (delícia!) dos parques. Winter Park foi fundada por magnatas americanos que moravam na Nova Inglaterra e vinham para a Flórida, fugindo do frio e neve.

 

Lá, eu fiz basicamente quatro coisas: andei de carro olhando as casas e construções da cidade, fiquei na praça da Park Avenue esperando minha mãe olhar as lojas e gravei este vídeo aqui (é sobre ser vegetariana nos EUA, corre lá!), fui na Rocket Fizz, uma loja incrível de doces, e no Scenic Boat.

 

Neste último passeio, em um barquinho que parece uma balsa, você aprecia a natureza, admira mansões e conhece um pouquinho mais da Flórida. Os guias só falam em inglês, mas, mesmo que você não tenha familiaridade com a língua, será legal, juro. Na passagem dos canais que conectam os lagos, vimos algumas pessoas tirando seus jet skis da garagem. Imagina, só? Acordei aqui em Winter Park, na minha mansão em frente ao lago, deixa eu ir dar uma volta de jet ski. Ah, e os guias asseguraram que não existem mais jacarés na região! Os barcos tem capacidade para 18 pessoas, saem de hora em hora e um lugar custa US$ 12.

 

Agora, a Rocket Fizz é parada obrigatória se você gosta de doces. Com um ar todo retrô, tem tantas opções de balas, chicletes, refrigerantes, chocolates, bombons, enfim, tudo com (muito) açúcar que você fica doido! Eu encontrei balinhas em embalagens feministas, balas de pipoca, torta de maçã, algodão doce, banana slipt, entre outros sabores inusitados, coisas que envolviam bacon e as famosas Jelly Belly Beans, que gravei o desafio nesse vídeo aqui (está super engraçado, sério!). O preço fica na média, mas, sem dúvidas, perder uns quarenta minutos fuçando nas coisas inusitadas dentro da loja vale a pena.

lugares_diferentes_em_orlando_winter_park_3lugares_diferentes_em_orlando_winter_park_2lugares_diferentes_em_orlando_winter_park_4

 

Ai, que saudade de Orlando 💚 Quem já foi pra lá tem alguma outra indicação de lugar além da Disney? Me contem nos comentários! E qual a próxima viagem que vocês estão planejando?

 

💚 Outros posts que você pode gostar 💚

Tour pelo Whole Foods

➳ Primeiros dias em Buenos Aires

➳ 10 dicas para aproveitar o Magic Kingdom

Casamento no castelo da Cinderela: quanto custa?

Adote, não compre

 

💚 Vem ler mais na tag Disney ou passear na categoria Lugares 💚

Vamos sonhar com viagens nas redes sociais:

Instagram l Facebook l Twitter l Pinterest l Youtube


TAGS:




5 Comentários em “5 lugares diferentes em Orlando além dos parques”


Tatianne

Nossa, que lugares maravilhosos, parecem pinturas! Seu blog é lindo ♥

Luana

Obrigada! ♥♥

Bruna WB

Nunca fui, mas minha viagem ainda sem data não está tão longe, hahaha. Deve ser um lugar incrível mesmo, todas as pessoas que conheço e já foram recomendam de olhos fechados. Eu nunca tinha pensado em ir pra Orlando, ou pra Disney, mas, quanto mais velha fico, mais tenho vontade. Suas fotos são lindas! :)
Beijos!

Luana

Meu pai foi só por pressão minha, mas se apaixonou, tanto que voltamos porque ele quis ♥ É tudo o que falam e mais!

#BelezaVegana: marcas de maquiagem veganas (100%)! l Entre Anas

[…] dessa época de loucura gastando horrores na Rua 25 de Março ou extrapolando os limites na Ulta (corre aqui para conhecer cinco lugares incríveis em Orlando além dos parques e, claro, lojas de […]


Deixe seu comentário:



Veja o que acontece por aí