• Pinceis favoritos para pele da Macrilan – Corretivo, base, blush SLIDE
  • simple-responsive-slide-disney


17 novembro, 2016

Lugares como o Novos Veganos me fazem ter a certeza de que não, eu definitivamente não preciso, não quero, não sinto falta de carne ou de qualquer ingrediente de origem animal. Porque comer algo tão maravilhoso quanto a própria foto mostra e saber que não tem um pingo de crueldade torna tudo mais delicioso 😍 Minha namorada descobriu essa hamburgueria vegana pelo facebook e nós ficamos curiosíssimas para experimentar. Eu nunca tive experiências ruins com hambúrgueres veganos ou vegetarianos (só na 162, bleh!), mas o Novos Veganos chegou em um outro nível, juro.

novos-veganos-cogumelo-rucula

Shita Lee: pão de beterraba, burguer de shitake, rúcula, tomate e catupiveg ♥

 

Como a gente precisa sair da nossa casa para conhecer e comer, aqui vai o meu único ponto negativo: a localização. Não é longe da minha casa, mas é bem mais fácil ir para a Augusta do que à rua do Novos Veganos. Eu teria que pegar metrô e ônibus e a preguiça acaba me levando ao Uber, o que me rende uns R$5 a mais. Mas, tudo bem, vale a pena. E eu acho incrível a Zona Leste ter um espaço para difundir e atrair os veganos. A gente existe, SP!

novos-veganos-batata-frita

O espaço é relativamente pequeno, mas muito aconchegante com quadrinhos feministas, sobre libertação animal e cheios de amor. Da primeira vez que fui, fomos as primeiras a chegar e sentamos em uma mesinha do lado de fora. Pena que o vento não colaborou. Na segunda, fomos mais espertas e ficamos lá dentro. Uma outra coisinha chata é que do lado tem um bar que deixa o pagode no último volume. Desnecessário. Não pelo pagode (#teampixote), mas por acabar atrapalhando os outros estabelecimentos próximos.

CONTINUE LENDO ♥


TAGS:

Lugares como o Novos Veganos me fazem ter a certeza de que não, eu definitivamente não preciso, não quero, não sinto falta de carne ou de qualquer ingrediente de origem animal. Porque comer algo tão maravilhoso quanto a própria foto mostra e saber que não tem um pingo de crueldade torna tudo mais delicioso 😍 Minha namorada descobriu […]

Leia mais






27 Março, 2017

Quando eu pensei na categoria lugares, eu logo imaginei posts bem lindos sobre viagens para, dã, lugares paradisíacos, distantes, perfeitos para fotos e vídeos, para deixar todo mundo com vontade de embarcar em um avião. Ok, acontece que eu não viajo tanto assim. Por isso, aos poucos, a categoria foi se transformando em uma espécie de guia, onde temos pizzarias, sorveterias e hamburguerias, ou seja, lugares com ria e comidas deliciosas.

 

Acontece que sempre que eu vou a um lugar novo, eu esqueço de tirar fotos legais para compor um post. E, sinceramente, não gosto muito de usar fotos do google se eu de fato visitei o local, se eu estava lá para documentar minha visão. Vez ou outra, eu acabo fazendo um clique tímido com o celular e compartilhando pelo instagram. Por isso, a ideia: transportar dessa rede social para um post essas dicas de lugares veganos em São Paulo – ou que, na verdade, eu veganizei.

 

Vamos começar então…

 

AMÉRICA 🍔

 

Caso não saiba, a rede de restaurante tem um Vegan Burguer, o que é uma mão na roda, já que o América está espalhado por várias regiões e shoppings. O preço é ok, cerca de R$26, e o sabor é bem justo. Eles acertaram.

 

 

VEGANERIA STUZZI 🍨
 

Eu juro, eu quase chorei quando provei esse sorvete. Ele tem gosto de doce de leite e nutella. Real. É simplesmente d-e-l-i-c-i-o-s-o! Também experimentei o de cookie, limão com framboesa e tangerina, maravilhosos no mesmo nível. Vale tanto a pena que eu nem sei como expressar, só sei que quero de novo.

 

 

  TACO BELL 🍕

 

Eu tinha provado Taco Bell quando fui para a Disney (já viu como me virei sendo vegetariana por lá? clica aqui), mas não lembrava muito bem. Até que demorei para ir visitar a unidade no Anália Franco, mas, definitivamente, deveria ter ido antes. A batata é incrível, parece que tem um temperinho de doritos, sabe? Coisa que, normalmente, não posso comer. Eu usei o guia do site americano para fazer as substituições e, basicamente, é só colocar feijão em tudo, tirar o queijo, o sour cream e optar pela guacamole.

 


BARÃO NATURAL 🍛
 

A foto não é de algo tão gostoso (bolo é meio maçudo), mas é para representar esse lugar lindo. Comida gostosa, saladinha com molhos incríveis à vontade, preço muito amigo e no centro de segunda é R$12 no melhor estilo como o quanto conseguir. Barão é tipo o fast food dos veganos. Estou ansiosa para provar a pizza.

 

Fica, vai ter #bolovegano ❤🎂🍮🍰🍫💜

Uma publicação compartilhada por Luana Toro (@entreanas) em


PASTEL DA AUGUSTA
 🍴
 

Bom e velho pastel com caldo de cana, como não amar? Aliás, por que não existe um emoji de pastel? De qualquer forma, a Rua Augusta tem uma série de lugares com opções veganas e esse é um deles (inclusive, o hot dog do lado é mara!). Esse da foto é de presunto de soja com queijo de tofu, mas fica a dica: o de palmito é melhor.

 

Olá, esse é um #pastel #vegano de presunto de soja com queijo de tofu. Só isso mesmo. Beijos 😍🍽😍

Uma publicação compartilhada por Luana Toro (@entreanas) em

E aí, já conhecia algum desses lugares? Qual foto de deixou com mais água na boca? Me segue lá no instagram para ver mais comidinhas veganas. Mesmo se você não seguir esse estilo de vida, confia em mim, são lugares bem gostosos, que são super capazes de agradar qualquer paladar. Vamos acabar com esse preconceito bobo que comida vegana é sem gosto, capiche?     

 

Receitas da Segunda Sem Carne: 

➳ Nacho Supreme Vegano

➳ Creme de castanha

➳ Batatas recheadas com shimeji

Bolo de maça com nozes e receitas natalinas

Risoto de shimeji, tomate e abobrinha + inspirações

Hambúrguer vegano para dar e vender

 

❤ Outros posts que você pode gostar ❤  

➳ O que eu comi hoje? #1

➳ Onde encontrar salgadinhos veganos em São Paulo?

O que fazer em um dia em Campos do Jordão?

Como é ser vegana no curso técnico em nutrição?

Low Poo Vegano

Tour pelo mercado mais natureba do mundo

Vídeos que te fazem pensar

 

Também estou aqui: 
Instagram l Facebook l Twitter l Pinterest l Youtube


TAGS:

Quando eu pensei na categoria lugares, eu logo imaginei posts bem lindos sobre viagens para, dã, lugares paradisíacos, distantes, perfeitos para fotos e vídeos, para deixar todo mundo com vontade de embarcar em um avião. Ok, acontece que eu não viajo tanto assim. Por isso, aos poucos, a categoria foi se transformando em uma espécie de guia, […]

Leia mais






31 dezembro, 2017

2017 acabou. Posso ouvir um amém? Dezembro diz adeus e meu primeiro mês com posts todos os dias igualmente. Esse último post é quase como uma retrospectiva, o meu tchau, 2017. E um olá a todas as surpresas, conquistas, problemas, dores de cabeça e sorrisos que 2018 me reserva.

 

Começando com a contagem regressiva que eu fiz lá no instagram, mostrando os meus melhores momentos de 2017, um ano, aparentemente, tão conturbado. Quando eu parei, porém, para pensar e buscar os bons momentos no rolo da minha câmera notei o quanto uma das minhas frases favoritas faz sentido: é um dia ruim, não uma vida ruim.

 

Os meus melhores momentos de 2017 ❤

Janeiro ➳ Ir à praia com pessoas tão queridas e ainda ver a Anitta de pertinho por R$10, em meio a chuva, pés sujos de lama, tatuagem recém feita e um copo de 1 litro de bebida perdido em vão.

 

Fevereiro ➳ Visitar Campos do Jordão com uma das minhas companhias favoritas da vida e me (re)encantar por essa cidade.

 

Março ➳ Dos rolês que a gente marca sem saber ao certo o motivo, mas é nesses dias que eu tenho a certeza que estou rodeada das melhores pessoas do universo. Vocês são minha família, minha vida ❤

 

Abril ➳ Começar as entrevistas para o TCC e estrear em grande estilo com o Carl Honoré (Carlinhos, nosso brother). Um dia para aprender o quanto é importante desacelerar.

Abril ➳ Ir à praia novamente com mais pessoas queridas e entender que, na verdade, eu nunca estive sozinha.

 

Maio ➳ Abraçar as meninas do Depois das Onze e ainda escutar a Gabie me desejar “boa sorte” com meu ruivo.

 

Maio ➳ Ouvir o Ed cantar Give Me Love pela segunda vez na vida.

 

Junho ➳ Ter a coragem de cortar o cabelo curtinho e me (re)descobrir mais forte.

Julho ➳ Itacaré. Um das viagens mais incríveis que fiz (e farei) na vida, com uma energia que não vou encontrar em nenhum outro lugar.

 

CONTINUE LENDO ♥


TAGS:

2017 acabou. Posso ouvir um amém? Dezembro diz adeus e meu primeiro mês com posts todos os dias igualmente. Esse último post é quase como uma retrospectiva, o meu tchau, 2017. E um olá a todas as surpresas, conquistas, problemas, dores de cabeça e sorrisos que 2018 me reserva.   Começando com a contagem regressiva […]

Leia mais








Veja o que acontece por aí