18 dezembro, 2017

Lembram daquele post em que choramingava o quanto é difícil ser vegana e amar sorvete? Bom, eu ainda não tenho sorveterias de massa na praia ou perto da minha casa que atendam aos meus desejos de um sorvete cremosinho com bastante calda, mas é só pegar o metrô que, agora, eu encontro várias opções. Várias, não. Algumas. O suficiente para me fazer bem feliz 🍦

DONA NUVEM AUGUSTA SORVETE VEGANO NATALINO

Uma delas abriu recentemente na Augusta, alguns quarteirões acima da Soroko, na galeria do Pastel Augusta, a Dona Nuvem. Mas, calma, não é qualquer sorvete. É um sorvete mágico, nostálgico, temático, com glitter e algodão doce. Sim! Um sorvete de casquinha enrolado em uma nuvem de algodão doce com muitos topping para deixá-lo mais colorido e delicioso.

 

Mas tem sabor vegano? Tem, sim! Toda semana é um diferente. Quando fui, era a vez do sabor maçã verde, mas já rolou pistache e melancia, por exemplo. O sorvete da Dona Nuvem é bem cremosinho, não parece um sorbet. E é d-e-l-i-c-i-o-s-o. Sério, o de maçã verde é um especial natalino para imitar uma arvorezinha e é simplesmente surpreendente na boca. É bem doce, ainda mais com algodão, dã, doce do lado, mas tem gosto de infância, daquelas balinhas grudentas que ficavam horas na boca, amo!

 

Quero um sorvete vegano da Dona Nuvem 🍦

DONA NUVEM AUGUSTA SORVETE VEGANO NA NUVEM

No Dona Nuvem, funciona assim: primeiro, você chega e fica encantada com a decoração fofinha e vintage. Depois, pega um giz de cera e marca o que você quer em um papel. Se é o sorvete na nuvem ou só na casquinha, os sabores, os toppings e as caldas.

DONA NUVEM AUGUSTA SORVETE VEGANO LUGAR

DONA NUVEM AUGUSTA SORVETE VEGANO

Para os que passam longe dos ingredientes de origem animal, nós podemos pedir o sabor vegano da semana, é claro, mais todas as caldas, exceto a de leite condensado, e todos os toppings, menos o biscoito e o ovomaltine. Um dos toppings é Froot Loops, um cereal de bolinha que eu gostava muito e que, para mim, não era vegano, por ter vitamina D na composição. Sites americanos falam que a vitamina usada é a D3, logo, não é vegano,  porém já vi sites brasileiros indicando o Froot Loops como um produto sem ingredientes de origem animal. Prefiro não arriscar e perguntar em breve para a própria empresa.

 

As caldas são chocolate, caramelo, brigadeiro e morango. Já os outros toppings são corações, estrelas, castanha, granulado gourmet, bolinhas de chocolate, granulado colorido, confete, pipoca caramelada, flocos crocantes e amendoim.

 

CONTINUE LENDO ♥

Lembram daquele post em que choramingava o quanto é difícil ser vegana e amar sorvete? Bom, eu ainda não tenho sorveterias de massa na praia ou perto da minha casa que atendam aos meus desejos de um sorvete cremosinho com bastante calda, mas é só pegar o metrô que, agora, eu encontro várias opções. Várias, […]

Leia mais



TAGS:






17 dezembro, 2017

Esses dias o facebook me avisou: você tem uma lembrança. Era uma foto minha vestindo uma blusa do Homem Aranha, enquanto o duende verde fazia cara de desaprovação. A imagem me fez sorrir e eu, então, comecei a vasculhar fotos antigas dessa viagem. Bateu saudade. Muita saudade. Vontade de entrar em um avião, mesmo precisando ficar sentada mais de dez horas, só para sentir tudo aquilo outra vez. Visitar a Disney é indescritível e uma das melhores lembranças que tenho. Obrigada, facebook.

MAGIA DISNEY MICKEY CASTELO PRINCESAS SHOW

Em meio a nostalgia, decidi fazer esse vídeo para compartilhar alguns dos melhores momentos dessa viagem. São pedacinhos dos dias que passei naquele lugar tão mágico, tão encantador. Quem vê as fotos não consegue entender o que estar diante do castelo da Cinderela enquanto o Wishes começa. O coração acelerado, os olhos arregalados, os ouvidos atentos, as mãos tremendo, a cabeça se esvaziando para que a música, as imagens e o brilho dos fogos ocupe todo e qualquer espaço. Aliás, sou muito grata pela oportunidade de ter visto esse show, já que agora ele será substituído pelo Happily Ever After.

 

Um vídeo sobre magia 💫

 

A Disney, e Orlando como um todo, é um dos lugares que só colocando os pés para entender. As ruas são limpas, o céu claro, as pessoas gentis e em cada esquina você encontra um lembrete de que você está no lugar mais mágico do mundo, cada detalhe faz com que o have a magical day dito a todo tempo faça sentido. Não importa o incentivo ao consumo, a adoração ao Mc Donald’s, as filas intermináveis ou qualquer outra crítica. O lugar é repleto de magia. E isso basta.

 

Você se sente uma criança outra vez enfrentando a fila para tirar uma foto com o Mickey ou ao lacrimejar enquanto os personagens no palco do castelo dizem que seus sonhos podem se tornar realidade, basta acreditar. Você não sente o cansaço mesmo andando por horas e horas. Tudo é uma atração para os olhos. Até um saquinho de pipoca tem mais graça dentro dos parques.

 

A Disney transpira felicidade. Você olha para o lado e vê crianças com os olhinhos brilhando ao encontrarem seus personagens favoritos, casais apaixonados e recém casados, velhinhos vencendo as barreiras físicas e se divertindo com a família ou, então, pessoas que juntaram dinheiro por anos para realizarem esse sonho. Todo mundo está se sentindo realizado ali. A Disney te lembra o quanto a vida é boa, apesar dos pesares.

 

E eu voltaria sem nem pensar duas vezes, com um largo sorriso no rosto e o mesmo sentimento de que um sonho está se realizando, de novo, de novo e de novo.

MAGIA DISNEY MICKEY CASTELO PRINCESAS

MAGIA DISNEY MICKEY CASTELO

MAGIA DISNEY MICKEY

MAGIA DISNEY

Por um mundo que se inspire mais nessa magia ❤

 

Outros posts sobre a magia Disney 💫

 

Disney on Ice

5 lugares diferentes em Orlando além dos parques 

Casamento no Castelo da Cinderela 

Vegetariana nos EUA

10 dicas para aproveitar o Magic Kingdom

 

Vem passear na categoria Lugares ❤

Também estou aqui: 

Instagram l Facebook l Twitter l Pinterest l Youtube

Esses dias o facebook me avisou: você tem uma lembrança. Era uma foto minha vestindo uma blusa do Homem Aranha, enquanto o duende verde fazia cara de desaprovação. A imagem me fez sorrir e eu, então, comecei a vasculhar fotos antigas dessa viagem. Bateu saudade. Muita saudade. Vontade de entrar em um avião, mesmo precisando ficar sentada […]

Leia mais



TAGS:






6 dezembro, 2017

Quando eu virei vegetariana, umas das minhas maiores dificuldades era resistir a um temaki de salmão com cream cheese e cebolinha. Eu demorei para cair nas graças da comida japonesa, mas quando cai, foi de uma vez só, para não voltar mais. Então, quando me tornei vegana, as coisas se tornaram um pouquinho mais complicadas: o shimeji é feito na manteiga? Você pode tirar o cream cheese do sushi? O macarrão do yakissoba tem ovo?

 

Poucos lugares oferecem opções veganas. Aliás, poucos lugares se mostram dispostos a fazer alterações para me atender, principalmente na zona leste. Por isso, a comida japonesa se tornou algo de ocasiões especiais, quando eu dou a sorte de encontrar um delivery ou restaurante bacana.

 

No meu aniversário de 20 anos, eu decidi ir a um rodízio de pizza vegano em uma pizzaria chamada Bella Mooca, muito bom por sinal. E para não repetir nos meus 21 e ir em algum lugar além da Novos Veganos, procurei opções de rodízio japonês vegano em São Paulo. O que mais apareceu com boas indicações era o Sushimar, longe da minha casa, aparentemente caro, mas para comemorar meu aniversário, por que não? A fotinho abaixo é do RotaVeg e a segunda é divulgação do próprio restaurante. 

RODIZIO JAPONES VEGANO - SUSHIMAR - SUSHIS

RODIZIO JAPONES VEGANO - SUSHIMAR JARDINS

Lá vamos nós na noite do dia 11 de outubro para o bairro Jardins conhecer o Sushimar. Primeira impressão? Um restaurante japonês comum. Mesmo estilo de mesa, cadeira, pratos, uniforme e fachada. Nada novo. Mas eu também não esperava por balões, confetes e dragões.  

 

Moço, me vê um rodízio japonês vegano 🍜🍣🍙

 

CONTINUE LENDO ♥

RODIZIO JAPONES VEGANO - SUSHIMAR - SUSHIS

Quando eu virei vegetariana, umas das minhas maiores dificuldades era resistir a um temaki de salmão com cream cheese e cebolinha. Eu demorei para cair nas graças da comida japonesa, mas quando cai, foi de uma vez só, para não voltar mais. Então, quando me tornei vegana, as coisas se tornaram um pouquinho mais complicadas: […]

Leia mais



TAGS:










Veja o que acontece por aí