6 julho, 2017

Julho chegou e com ele, além do frio (saudades calor!), as férias, tão esperadas, tão sonhadas. Quer dizer, ao menos, para alguns de nós.

 

Mas o que fazer nas férias de julho? Eis a questão que, nesse post, vou solucionar. Para que esse mês e seu descanso não sejam em vão, separei um evento gratuito por dia em São Paulo, a partir de amanhã (07/07) até o último suspiro do mês, dia 31.

 

Então, se agasalhe bem, deixa o Netflix para depois e vem descobrir um mundo de coisas bacanas para se fazer por aí  — sem gastar um tostão!  

O QUE FAZER NAS FÉRIAS DE JULHO

➳ 07/07 – Festa Julina com forró ao vivo na Vila Madalena.

➳ 08/07 – Encontro – Espetáculo teatral com “pequenos objetos, pequeno cenário, palco reduzido a uma estrutura mínima, gestos sutis, histórias curtas, tudo isso transmitido a uma distância mínima do espectador”. Das 13h às 14h30 no Sesc Pq. Dom Pedro II.

➳ 09/07 – 12º edição do Conexão Cultural São Paulo – Evento que irá, nesta edição, homenagear e celebrar a cultura nordestina. Das 12h às 21h, no MIS.

➳ 10/07 – Vida de Cão Exposição de Elliott Erwitt com 50 belas fotografias para mostrar e propor a reflexão da relação entre o homem e o seu bichinho de estimação. No Centro Cultural Fiesp, das 10h às 20h.

➳ 11/07 – Ópera no cinema – A Biblioteca Mário de Andrade traz uma ópera diferente para a tela do cinema e no dia 11 será uma das grandes obras de Mozart: “Don Giovanni”. Das 19h às 21h45 na própria Biblioteca.

➳ 12/07 – Meditação no Ibirapuera – Aproveite esse momento de paz que acontece todas às quartas-feiras às 11h na sede do DEA|UMAPAZ, no Parque Ibirapuera.

➳ 13/07 – Oficina l Cozinha de Memórias – “Convidará os participantes a refletirem a respeito da memória e da culinária como patrimônios imateriais, além de compartilharem receitas antigas de seus familiares”. Acontecerá na Casa das Rosas, das 14h às 16h.

➳ 14/07 – Cellos do Festival – Concerto gratuito na Sala São Paulo às 19h.

➳ 15/07 – Festival das Estrelas – O bairro da Liberdade, nesse evento, recebe kussudamas, grandes ramos de bambu ornamentados por enfeites de papel colorido, tanzaku, pequenos pedaços de papel, nos quais as pessoas colocam seus pedidos, além de apresentações de tambores Taikô, danças folclóricas e shows. Visite o bairro das 10h30 às 19h.

CONTINUE LENDO ♥

O QUE FAZER NAS FÉRIAS DE JULHO

Julho chegou e com ele, além do frio (saudades calor!), as férias, tão esperadas, tão sonhadas. Quer dizer, ao menos, para alguns de nós.   Mas o que fazer nas férias de julho? Eis a questão que, nesse post, vou solucionar. Para que esse mês e seu descanso não sejam em vão, separei um evento […]

Leia mais



TAGS:






27 março, 2017

Quando eu pensei na categoria lugares, eu logo imaginei posts bem lindos sobre viagens para, dã, lugares paradisíacos, distantes, perfeitos para fotos e vídeos, para deixar todo mundo com vontade de embarcar em um avião. Ok, acontece que eu não viajo tanto assim. Por isso, aos poucos, a categoria foi se transformando em uma espécie de guia, onde temos pizzarias, sorveterias e hamburguerias, ou seja, lugares com ria e comidas deliciosas.

 

Acontece que sempre que eu vou a um lugar novo, eu esqueço de tirar fotos legais para compor um post. E, sinceramente, não gosto muito de usar fotos do google se eu de fato visitei o local, se eu estava lá para documentar minha visão. Vez ou outra, eu acabo fazendo um clique tímido com o celular e compartilhando pelo instagram. Por isso, a ideia: transportar dessa rede social para um post essas dicas de lugares veganos em São Paulo – ou que, na verdade, eu veganizei.

 

Vamos começar então…

 

AMÉRICA 🍔

 

Caso não saiba, a rede de restaurante tem um Vegan Burguer, o que é uma mão na roda, já que o América está espalhado por várias regiões e shoppings. O preço é ok, cerca de R$26, e o sabor é bem justo. Eles acertaram.

 

 

VEGANERIA STUZZI 🍨
 

Eu juro, eu quase chorei quando provei esse sorvete. Ele tem gosto de doce de leite e nutella. Real. É simplesmente d-e-l-i-c-i-o-s-o! Também experimentei o de cookie, limão com framboesa e tangerina, maravilhosos no mesmo nível. Vale tanto a pena que eu nem sei como expressar, só sei que quero de novo.

 

 

  TACO BELL 🍕

 

Eu tinha provado Taco Bell quando fui para a Disney (já viu como me virei sendo vegetariana por lá? clica aqui), mas não lembrava muito bem. Até que demorei para ir visitar a unidade no Anália Franco, mas, definitivamente, deveria ter ido antes. A batata é incrível, parece que tem um temperinho de doritos, sabe? Coisa que, normalmente, não posso comer. Eu usei o guia do site americano para fazer as substituições e, basicamente, é só colocar feijão em tudo, tirar o queijo, o sour cream e optar pela guacamole.

 


BARÃO NATURAL 🍛
 

A foto não é de algo tão gostoso (bolo é meio maçudo), mas é para representar esse lugar lindo. Comida gostosa, saladinha com molhos incríveis à vontade, preço muito amigo e no centro de segunda é R$12 no melhor estilo como o quanto conseguir. Barão é tipo o fast food dos veganos. Estou ansiosa para provar a pizza.

 

Fica, vai ter #bolovegano ❤🎂🍮🍰🍫💜

Uma publicação compartilhada por Luana Toro (@entreanas) em


PASTEL DA AUGUSTA
 🍴
 

Bom e velho pastel com caldo de cana, como não amar? Aliás, por que não existe um emoji de pastel? De qualquer forma, a Rua Augusta tem uma série de lugares com opções veganas e esse é um deles (inclusive, o hot dog do lado é mara!). Esse da foto é de presunto de soja com queijo de tofu, mas fica a dica: o de palmito é melhor.

 

Olá, esse é um #pastel #vegano de presunto de soja com queijo de tofu. Só isso mesmo. Beijos 😍🍽😍

Uma publicação compartilhada por Luana Toro (@entreanas) em

E aí, já conhecia algum desses lugares? Qual foto de deixou com mais água na boca? Me segue lá no instagram para ver mais comidinhas veganas. Mesmo se você não seguir esse estilo de vida, confia em mim, são lugares bem gostosos, que são super capazes de agradar qualquer paladar. Vamos acabar com esse preconceito bobo que comida vegana é sem gosto, capiche?     

 

Receitas da Segunda Sem Carne: 

➳ Nacho Supreme Vegano

➳ Creme de castanha

➳ Batatas recheadas com shimeji

Bolo de maça com nozes e receitas natalinas

Risoto de shimeji, tomate e abobrinha + inspirações

Hambúrguer vegano para dar e vender

 

❤ Outros posts que você pode gostar ❤  

➳ O que eu comi hoje? #1

➳ Onde encontrar salgadinhos veganos em São Paulo?

O que fazer em um dia em Campos do Jordão?

Como é ser vegana no curso técnico em nutrição?

Low Poo Vegano

Tour pelo mercado mais natureba do mundo

Vídeos que te fazem pensar

 

Também estou aqui: 
Instagram l Facebook l Twitter l Pinterest l Youtube

taco bell

Quando eu pensei na categoria lugares, eu logo imaginei posts bem lindos sobre viagens para, dã, lugares paradisíacos, distantes, perfeitos para fotos e vídeos, para deixar todo mundo com vontade de embarcar em um avião. Ok, acontece que eu não viajo tanto assim. Por isso, aos poucos, a categoria foi se transformando em uma espécie de guia, […]

Leia mais



TAGS:






2 março, 2017

Não sou uma pessoa do carnaval. Não gosto de multidões bêbadas, gritando e poluindo o ar, a rua, o mar com seus quilos de glitter. Até aprecio uma boa fantasia, mas longe de mim ser amassada, assediada e passar calor em bloquinhos em que mal consigo ouvir as músicas. Tudo isso para dizer que, na semana do carnaval, eu tento ao máximo me afastar das concentrações de folia. Como uma das minhas metas para 2017 é viajar o máximo que der, eu e minha namorada decidimos passar um dia em Campos do Jordão, nada a ver com carnaval, São Paulo, calor, bloquinhos, amém. E, sim, muito chocolate (que me frustrou, mas daqui a pouco explico o porquê), casas fofinhas e flores.

UM DIA EM CAMPOS DO JORDÃO - ENTRADA

Nós fomos com a Alternativo, uma agência de viagem independente. Não pesquisei outras, porque uma das minhas amigas do técnico (já contei como é ser vegana cursando nutrição aqui!) foi na mesma mini viagem e adorou. Confiei na experiência dela e fechei para o dia 25 de fevereiro. O valor total foi 125 para cada, com ida e volta, passeios e almoço. Mas pelo que olhei por cima, os valores são todos parecidos nesses bate e volta para Campos.

 

Gostei muito da Alternativo, eles são super pontuais e atenciosos. Chegamos atrasados graças ao carnaval (pois é), mas o restante deu tudo certo. Eles combinaram de sair 6h30 da Barra Funda e 6h31 nós estávamos saindo. Teve sorteios no decorrer do dia, o Nathan, nosso guia, era ótimo, eles tentaram resolver os problemas que apareceram prontamente e não tiravam o sorriso do rosto. Ah, uma coisa  importante é que eu me senti bem segura no ônibus, algo que, normalmente, não acontece, já que tenho pavor de estrada. O motorista contratado, porém, era cuidadoso, não correu, não fez coisas loucas e eu consegui dormir 80% do caminho, de quase 3h30. Recomendo.

 

Manhã na Suíça Brasileira

 

Nossa primeira parada foi na Ducha de Prata, um dos pontos turísticos mais conhecidos. São algumas duchas artificiais no meio da natureza, com águas do represamento Ribeirão das Perdizes. Normalmente, se pode tomar um banho nas plataformas de madeira, mas no dia em que fomos essa parte estava em reforma, além do frio, vamos combinar. É um lugar bem gostoso para ouvir o barulhinho da água, sentir o cheiro da natureza e tirar uma fotos.

UM DIA EM CAMPOS DO JORDÃO - DUCHA DE PRATA 3 UM DIA EM CAMPOS DO JORDÃO - DUCHA DE PRATA 4 UM DIA EM CAMPOS DO JORDÃO - DUCHA DE PRATA 2 UM DIA EM CAMPOS DO JORDÃO - DUCHA DE PRATA

Dica: o banheiro do estacionamento é pago, enquanto um atrás das lojinhas é gratuito. Essas lojinhas também costumam ser mais caras que as do centro, pois isso espere um pouquinho antes de levar um souvenir para casa.

 

Subindo e descendo da Ducha de Prata, passamos pelo Alto das Mansões, bairros distantes e cheios de casas luxuosas. Tem casa de 10 milhões de reais, da Christiane Torloni com uma mini mansão para o cachorro e até do Bispo Edir Macedo. É lindo de ser, assustador de se pensar o quando algumas pessoas tem muito, mas muito dinheiro.

 

CONTINUE LENDO ♥

UM DIA EM CAMPOS DO JORDÃO - TRILHOS

Não sou uma pessoa do carnaval. Não gosto de multidões bêbadas, gritando e poluindo o ar, a rua, o mar com seus quilos de glitter. Até aprecio uma boa fantasia, mas longe de mim ser amassada, assediada e passar calor em bloquinhos em que mal consigo ouvir as músicas. Tudo isso para dizer que, na […]

Leia mais



TAGS:










Veja o que acontece por aí