DESCOMPLICANDO O VEGANISMO
RECEITAS VEGANAS
Transição para o veganismo


21 dezembro, 2017

Como passei metade do dia na rua e a outra metade editando o vídeo que vai ao ar, provavelmente, amanhã – é o segundo o que eu comi hoje, está bem legal! – acabei não preparando nenhum post para hoje. Além de que estamos no dia 21 e chegamos ao ponto em que a minha criatividade está começando a ficar escassa.

 

Me vieram à mente ideias de posts clichês, porém rápidos e legais. O primeiro, clássico, de playlist, mas nós já temos duas aqui: uma feminista e outra natalina. Ah, por que não um apunhado de receitas para testar? Hm, acontece que nós também já temos uma por aqui com risotos, hambúrgueres e receitas de natal. Ok, caímos, então, no buraco da wishlist.

 

Mas resolvi fazer diferente. Inspirada pelo vídeo que postei, recentemente, com dicas para fazer compras conscientes, tornei esse post um paradoxo. É uma wishlist menos lixo, ou seja, uma lista de coisas que eu gostaria de comprar – ou ganhar – para conseguir ter um dia a dia mais sustentável. Nós estamos comprando, gastando matéria prima, em prol de algo maior e positivo. Irônico, não? É claro que você não precisa necessariamente comprar coisas para deixar de produzir lixo na sua rotina, mas existem alguns utensílios que facilitam essa tarefa.

 

Wishlist menos lixo ❤

WISHLIST MENOS LIXO

Canudos de bambu com escovinha para limpeza, Paz Em Gaia, R$25 – para você recusar os canudinhos de plástico com a consciência limpa e sem precisar colocar a boca na latinha ou no copo com uns bons drinks. 

 

Kit Zero Waste com talheres de bambu, Paz em Gaia, R$142 – para diminuir a quantidade de garfinho e faquinhas de plástico usadas em vão diariamente. Esse kit é completinho: copo reutilizável + talheres de bambu + canudos e escovinha + colher de café em aço inox + guardanapo ecológico + jogo de hashis. Para sair de casa preparada!

 

Potinhos de vidro – para produzir seu próprio desodorante, hidratante, balm labial ou até mesmo produtos de limpeza. 

 

Copo reutilizável dobrável, Menos 1 Lixo, R$49,90 – 720 milhões de copos de plástico descartáveis vão para o lixo todos os dias no Brasil e você não precisa colaborar com mais um. 

 

Absorvente de pano, Pacha Mama, R$32 – eu não sei se estou preparada para essa mudança (comprei o único absorvente vegano disponível no Brasil e vou mostrar em vídeo em breve, então se inscreve no canal!), mas a ideia é ótima, válida e mais do que possível. 

 

Ecobag Liberation For All, Novittas, R$19,90 – pra você arrasar na feira e no supermercado!

 

Escova de dente de bambu, Boni Natural, 16 – dentes limpinhos sem precisar de BPA, PVC e corantes. 

Sacoreco Padoca, Paninhos, R$18 – suas idas à padaria nunca mais serão as mesmas. 

 

Guardanapos ecológicos, Paz Em Gaia, R$45 – para limpar as mãos, a boca e sujeirinhas surpresas em grande estilo.

 

Dica: esses são bons presentes natalinos para quem quer deseja dar algo consciente, diferente e que inspire as pessoas ao seu redor a mudarem seus hábitos ❤

 

Ei, calma aí, quero te lembrar que está rolando sorteio na fanpage do blog em parceria com uma loja de acessórios conscientes. Quer saber como participar? Então, clica aqui!

 

O que acharam dessa wishlist menos lixo? Conheciam a proposta desses produtos? Usam algum? Tem outros para indicar?

 

❤ Outros posts que você pode gostar ❤

 

➳ Técnicas de organização para testar

➳ 7 vezes que o feminismo me ajudou

➳ Aplicativos para compras conscientes

Consumo consciente de acessórios + Sorteio

Substituições veganas: proteína vegetal

➳ Como ter sororidade em 10 passos

➳ 50 dicas de como aliviar as cólicas menstruais

Fiquei um ano sem comprar roupas

 

Vem passear na categoria Vida Verde 

Também estou aqui: 

Instagram l Facebook l Twitter l Pinterest l Youtube

Como passei metade do dia na rua e a outra metade editando o vídeo que vai ao ar, provavelmente, amanhã – é o segundo o que eu comi hoje, está bem legal! – acabei não preparando nenhum post para hoje. Além de que estamos no dia 21 e chegamos ao ponto em que a minha […]

Leia mais



TAGS:






20 dezembro, 2017

Chegou a vez das tão polêmicas proteínas. É automático, quando você fala que é vegetariano ou vegano, uma das primeiras perguntas no questionário alheio é: de onde você tira proteína? Mas a proteína da carne em comparação à proteína vegetal não é melhor? Eu não sei porque as pessoas colocam a carne nesse pedestal irreal. Carne não nasce em árvore, não vem da terra, carne não é um alimento vivo, natural, é um cadáver, fim.

PROTEÍNA VEGETAL

Na realidade, as pessoas consomem mais proteínas do que deveriam. A recomendação da OMS de 2003 diz que as proteínas devem corresponder de 10% a 15% do seu VET, Valor Energético Total. Sendo assim, pensando em uma pessoa que consome 2000 calorias por dia, o ideal é que 250 (12,5%) de suas calorias venham das proteínas, ou seja, 62,5g.

 

Pense, agora, que essa pessoa consome um carne bovina no almoço e carne branca no jantar. Digamos que no almoço foram cerca de 80 gramas de contra filé sem gordura grelhado, que apresenta 28,72 gramas de proteína e no jantar 70g de peito de frango sem pele cozido que tem 22,05 gramas de proteína. Somando, temos 50,77 gramas de proteína.

 

Ué, Luana, esse valor se adequa ao recomendado. Sim, se você consumisse só isso de proteína. Mas, normalmente, quem consome carne também tem leite e derivados na geladeira. Um copo de leite desnatado com 100ml tem mais 2,9g de proteína, aí você acrescenta um queijinho, um iogurte, um bolo e por aí vai. Sem contar as leguminosas, que são fontes de proteína vegetal e a porcentagem pequena, mas que ainda conta, de outros alimentos consumidos durante o dia.

 

Vale lembrar que o recomendado é apenas uma porção de carne por dia. Normalmente, se faz duas e isso aumenta em grande quantidade o valor diário consumido de proteína. Mas qual o problema de tanta proteína, Luana? É um nutriente essencial. Sim, com certeza, é muito importante consumir proteína, mas em excesso ela pode sobrecarregar os seus rins.

 

Antes antes que você venha dizer que a proteína vegetal é de baixo valor biológico, logo, não são tão boas, vou transcrever abaixo parte do vídeo de 8 mitos da proteína vegetal comentados pelo Dr. Eric Slywitch a partir artigo de um de referência da OMS.

 

8 mitos sobre a proteína vegetal 🍄🍛

PROTEÍNA VEGETAL - FEIJÕES

MITO: As proteínas vegetais são incompletas.

VERDADE: Alguns alimentos específicos podem apresentar teores baixos de um ou mais aminoácidos específicos. A combinação de alimentos diferentes fornece todos aminoácidos em ótimas quantidades.

 

MITO: As proteínas provenientes de fontes vegetais não são tão boas quanto as provenientes de fontes animais.

VERDADE: A qualidade depende da fonte da proteína vegetal ou da sua combinação. As proteínas vegetais podem ser iguais ou melhores que as proteínas animais.

 

Chegou a vez das tão polêmicas proteínas. É automático, quando você fala que é vegetariano ou vegano, uma das primeiras perguntas no questionário alheio é: de onde você tira proteína? Mas a proteína da carne em comparação à proteína vegetal não é melhor? Eu não sei porque as pessoas colocam a carne nesse pedestal irreal. […]

Leia mais



TAGS:






10 dezembro, 2017

Nós começamos essa série de substituições veganas falando sobre os alimentos de origem vegetal ricos em cálcio para substituir o leite de vaca. Para continuar desmistificando as ideias erradas em torno do veganismo, chegou a vez de falar sobre fontes de ferro vegetal. Porque, fala sério, como alguém consegue comer o rim, fígado ou coração de um bichinho? 

FONTES DE FERRO VEGETAL - substituições veganas

O ferro é responsável por ajudar no transporte de oxigênio para todo o corpo, além de desempenhar um papel importante em processos metabólicos de DNA, RNA e neurotransmissores. Não é à toa que a sua deficiência ocasiona consequências como palidez, fadiga, falta de ar, dor de cabeça, queda de cabelo e até mesmo dificuldade de aprendizagem.

 

Ferro heme e não-heme

 

Se construiu essa ideia de que o ferro da carne é “melhor”, pois ele é composto de 40% do tipo heme (que vem das células de sangue e músculos) e 60% do tipo não-heme, enquanto os alimentos de origem vegetal em sua totalidade são formados pelo ferro do tipo não-heme (já que não tem sangue, porque não é um cadáver, ué 🤔). Ok, mas e eu com isso?

 

Acontece que o corpo absorve melhor o ferro heme em comparação ao não-heme, mesmo que ambos desempenhem a mesma função no organismo. Isso não significa, porém, que por um ser melhor absorvido o outro não seja absorvido de maneira o suficiente. O fato de um alimento ter uma quantidade mais significativa de ferro não torna os outros inferiores ou inadequados.

 

A verdade é que a anemia ferropriva (falta de ferro) não é exclusividade dos vegetarianos e veganos. Essa é uma das deficiências nutricionais mais comuns no mundo. De uma maneira geral, precisamos escolher boas fontes do mineral e se atentar aos truques que melhoram sua absorção. Falo um pouquinho sobre eles no final do post! 

 

Com a ajuda novamente da Tabela de Composição de Alimentos da Sonia Tucunduva e a Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO) da UNICAMP, olha só quais fontes de ferro vegetal você deve incluir na sua dieta vegana ou vegetariana! Lembrando que os números se referem a uma porção de 100 gramas dos alimentos.

 

Você pode substituir…

FONTES DE FERRO VEGETAL

Carne bovina assada (2,863mg) ➳ Por brócolis cozido (0,84mg) com os talos (3,2mg) e as folhas (2,49mg).

 

Carne moída refogada (2,453mg) ➳ Por feijão branco cozido, só os grãos (2,85mg).

 

Fígado bovino cozido (6,082mg) ➳ Por uma salada com semente de girassol (6,78mg), rúcula (3,14) e tomate seco (5,05mg).

 

Rim bovino cru (5,7mg) ➳ Por soja cozida (5,15mg).

 

Nós começamos essa série de substituições veganas falando sobre os alimentos de origem vegetal ricos em cálcio para substituir o leite de vaca. Para continuar desmistificando as ideias erradas em torno do veganismo, chegou a vez de falar sobre fontes de ferro vegetal. Porque, fala sério, como alguém consegue comer o rim, fígado ou coração […]

Leia mais



TAGS:








NÃO PERCA AS NOVIDADES, CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER!