DESCOMPLICANDO O VEGANISMO
RECEITAS VEGANAS
Transição para o veganismo


4 dezembro, 2017

Eu não sou do vestido de crochê, que cultua o sol e só come coisa crua (nada contra, até tenho amigos que são!). Mas quem acompanha o Entre Anas sabe da minha preocupação com o meio ambiente, meu corpo e os animais. Nesse sentido, tudo acontece de forma muito natural. Os questionamentos e as mudanças de hábitos que deles surgem sempre tornam minha vida mais leve. Isso me lembra a frase enxergar a opressão me trouxe liberdade, algo que falei muito nos meus posts sobre feminismo aqui no blog.

dicas para reduzir o lixo no dia a dia - consciente

Mas esse não é um post reflexivo. É um post prático – como aquele da lista de corretivos veganos! É para me ajudar a seguir o caminho que quero, assim como te inspirar a fazer o mesmo ou, talvez, apenas colocar uma pulguinha atrás da orelha que será uma hora o pontapé inicial de grandes mudanças.

 

Desde a minha transição para o veganismo, eu acompanho a Luísa Ferrari. E assim que ela começou a falar nas redes sociais e no canal sobre redução de lixo eu passei a pensar sobre o assunto. Isso junto com o meu TCC sobre consumo consciente, que rendeu vários tapas na cara e baldes de água fria ao longo de um ano. Sim. A gente produz uma quantidade absurda e desnecessária de lixo. E lixo em excesso, não reutilizado e descartado da forma incorreta é sinônimo de problemas ambientais e sociais.

 

O que você faz deixa uma marca no planeta. E eu não quero baleias doentes, tartarugas com plástico no estômago e aves morrendo graças à poluição de mares e oceanos. Por isso, sempre que eu pego um canudinho fora de casa é um aperto no coração e uma vontade de transformar hábitos.

 

Você quer saber mais porque o canudinho de plástico que você aceita na lanchonete (envolto em ainda mais plástico) é um problema, @? Então toma dados!

 

➳ Nos últimos 25 anos, 6 milhões de canudos foram colhidos durante eventos anuais de limpeza de praias (Choose To Be Straw Free);

➳ 44% de todas as espécies de pássaros marítimos e 22% dos cetáceos (baleias, golfinhos) já ingeriram plástico em suas vidas (Choose To Be Straw Free);

➳ 90% de todo o lixo flutuando nos oceanos do planeta é plástico (Choose To Be Straw Free)

➳ 88% da superfície dos oceanos do mundo está contaminada com lixo plástico (G1)

➳ 30% de lixo no Brasil poderiam ser reaproveitados, mas só 3% vão para a reciclagem (G1)

➳ Em 2015, se fosse para somar a quantidade de entulho e de lixo hospitalar abandonados nas ruas das cidades brasileiras, o volume total equivaleria a 1.450 estádios do Maracanã (Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública)

➳ Ao redor do mundo aproximadamente 1.000.000 pássaros e 100.000 mamíferos marinhos morrem por enredamento ou ingestão de plásticos por ano (UFBA)

➳ Todos os dias nós usamos 500.000.000 canudos de plástico, o suficiente para encher 46.400 ônibus escolares grandes por ano (Choose To Be Straw Free).

 

Ok, aposto que agora você também vai sentir uma pontinha de culpa ao pegar aquele canudinho plástico para tomar seu suquinho de laranja. Calma, ninguém aqui é fiscal da vida alheia para julgar suas mínimas ações. Eu não mudei totalmente meus hábitos, eu erro muito. O importante, porém, é saber olhar para esses deslizes, entender como eles afetam de uma maneira negativa a coletividade e, consequentemente, sua individualidade e encontrar formas de evitá-los.

 

Ninguém está te pedindo para colocar a boca naquele copo mal lavado. A ideia é questionar. Pensar e repensar nossas atitudes. O famoso problematizar ou colocar a mão na consciência, como quiser. Acredite, isso é mais do que muita gente faz e a consequência quase inevitável é mudar aos pouquinhos coisas que antes passavam despercebidas.

 

Saindo do mundo ideal e entrando na prática, separei 10 dicas para reduzir o lixo no dia a dia. Não, eu não sigo todas. Sim, eu quero tentar. Vamos juntos? 

dicas para reduzir o lixo no dia a dia

10 dicas para reduzir o lixo no dia a dia!

 

1 – Não, obrigada, eu não aceito um canudinho.

 

Acho que essa eu e você já entendemos, não é? Se você conhece o lugar ou ele aparenta ser limpo, por que não dispensar o canudinho? Ou, então, caso você vá a uma rede de fast food como subway ou Novos Veganos (amo!) e o copo já for de plástico, para que um canudinho?

 

Se você quer mais informação sobre essa história do canudinho, recomendo essa reportagem do Fantástico de três minutinhos sensacionais.

 

2 – Não, obrigada, eu tenho sacola reutilizável.

 

Lembra quando a gente fez um auê porque as sacolinhas plásticas começaram a ser cobradas nos mercados paulistanos? Pois bem. Depois de um tempo, eu parei para pensar e vi como isso seria um incentivo para que mais pessoas comprassem sacolas reutilizáveis.

 

Além de existirem sacolas com estampas incríveis ou bem simples e baratinhas, você economiza muito plástico ao deixar de lado as sacolinhas tradicionais. Você pode usar sua sacola reutilizável para ir à feira, dormir na casa de uma amiga ou criar looks criativos se ela for daquelas lindas de tela de algodão.

 

3 – Não, obrigada, eu não quero a segunda via do cartão.

 

Sério, por que pegar toda e qualquer segunda via do cartão quando se faz uma compra? Se não for algo importante, que precise ser guardado, não há porque ficar colecionando papéis azuis e amarelos na carteira. Aceitar a segunda via é igual a produzir mais lixo desnecessário no mundo. Confira o valor na tela da maquininha e guarde somente se precisar fazer uma troca, entregar para alguém ou for uma compra muito significativa.

 

Eu não sou do vestido de crochê, que cultua o sol e só come coisa crua (nada contra, até tenho amigos que são!). Mas quem acompanha o Entre Anas sabe da minha preocupação com o meio ambiente, meu corpo e os animais. Nesse sentido, tudo acontece de forma muito natural. Os questionamentos e as mudanças […]

Leia mais



TAGS:






31 julho, 2017

Eu fiz essa receita pela primeira vez quando uma amiga que viria em casa estava passando por um jejum bem doido e não podia comer uma série de coisas. Os pratos que preparei iam farinha branca e me restava apenas grão de bico em casa como opção para alimentar a criatura (te amo, gabi!). O que fazer, então, sem precisar de muito esforço? A resposta foi esse tal de snack de grão de bico que fica crocante e bem temperadinho.

PETISCOS VEGANOS - SNACK DE GRÃO DE BICO

Não lembro exatamente como encontrei a receita, mas decidi testar fazendo as devidas adaptações e deu certo. Tão certo que, apesar da minha amiga nem ter comido (um tanto quanto fresca, diria), eu mesma acabei com o pote em menos de uma hora. Ia beliscando, comendo uma bolinha, outra e, pff, quando percebi, acabou.

 

Grão de bico é uma das coisas mais versáteis que já vi nessa vida vegana. Hambúrguer, falafel, queijo vegetal, grãomelete e, agora, um cheetos saudável. Dá para levar essas bolinhas como lanche no trabalho, na escola, comer como acompanhamento nas refeições principais ou, então, beliscar assistindo a um filme com a consciência limpa. Afinal, é uma leguminosa cheia de nutrientes e sabor. Não tem como não amar 😍

 

Dá o play e veja por si como essa receita é fácil:

 

 

Algumas dicas:

➳ É importante fazer o remolho das leguminosas para facilitar a digestão. Você pode deixar de molho na água fria dentro da geladeira por, aproximadamente 6 horas, ou, então, fazer o remolho quente. Essa outra técnica consiste em colocar na panela de pressão 1 parte de leguminosa para 3 de água, contar dois minutos após pegar pressão, desligar o fogo, aguardar 30 minutos e, por fim, descartar água, seguindo para o cozimento.

➳ Você pode colocar os temperos que quiser, use a criatividade!

➳ Ao invés do forno, você também pode fazer a segunda etapa na airfryer. Programe 25 minutos a 200ºC, lembrando de mexer a cada 10 minutos para soltar os grãos.

➳ Quando mais tempo ficar no forno, mais douradinho, mais crocante e mais sequinho.

 

Para ninguém dizer que não tem para todos os gostos, separei outras 8 receitas de petiscos veganos fáceis e deliciosos.

 

Salgados:

Onion Rings: ninguém precisa de ovo para empanar uma boa fritura!

Batata chips: mas não é qualquer uma, é de microondas.

Petisco de alho: declaro aqui meu amor eterno por alho.

Cogumelos portobellos recheados: a receita é com feijão vermelho, espinafre e abacate, mas eu também amo com bastante alho, molho de tomate e brócolis!

 

Doces:

Sanduíche de maçã: tão simples quanto cortar maçãs em fatias, passar pasta de amendoim no meio e acrescentar algo crocante. Porque, na verdade, é só isso mesmo.

Sorvete de banana: aí você pode misturar manteiga de amendoim, frutas frescas, coco ralado, caldas, etc…

Mousse de chocolate com abacate: se parece estranho demais, experimenta abacate puro com açúcar mascavo!

Pêra assada com canela: de novo o microondas tornando tudo mais prático! Só esquece o chantilly ou, então, substitui pela versão vegetal.

 

Super fácil, não é? Vou esperar você testar e me contar o que achou, viu? 😊 Se conhece outra receita de petisco vegano, compartilhe nos comentários! ❤

 

Receitas da Segunda Sem Carne: 
➳ Nacho Supreme Vegano
➳ Creme de castanha
➳ Batatas recheadas com shimeji
➳ Bolo de maça com nozes e receitas natalinas

➳ Risoto de shimeji, tomate e abobrinha + inspirações

➳ Hambúrguer vegano para dar e vender

 

❤ Outros posts que você pode gostar ❤

 

➳ Onde encontrar salgadinhos veganos em São Paulo?

➳ O que eu comi hoje? (Vegano)

➳ #BelezaVegana: marcas de maquiagem veganas (100%)

➳ Low Poo Vegano

➳ Tour pelo Whole Foods

➳ Dicas de combinação alimentar

 

Também estou aqui: 

Instagram l Facebook l Twitter l Pinterest l Youtube

Eu fiz essa receita pela primeira vez quando uma amiga que viria em casa estava passando por um jejum bem doido e não podia comer uma série de coisas. Os pratos que preparei iam farinha branca e me restava apenas grão de bico em casa como opção para alimentar a criatura (te amo, gabi!). O […]

Leia mais



TAGS:






7 junho, 2017

Ok, admito: estou roubando um pouquinho. Esse post era para sair na #segundasemcarne e estamos na quarta. E, teoricamente, deveria ser uma receita, só que quando a gente segue as coisas à risca, não é mesmo? Eu garanto, no entanto, que se se você seguir esses cinco instagrans veganos vai ter receita para o resto da vida. De café da manhã, almoço, lanche, jantar e sobremesa. Saudáveis ou nem tanto assim. Bem simples ou mais elaboradas. Para impressionar ou matar a larica. E o melhor de tudo: sem nenhuma crueldade animal.

 

Aliás, eu amo postar lugares veganos ou com opções que visitei (tem até post sobre isso, vem cá) e o que eu como lá no insta stories, especialmente na hora do almoço. Então, segue o Entre Anas para se inspirar ou se quiser ver como é o prato de uma vegana no dia a dia.

 

Sem mais delongas, vamos aos meus perfis veganos no Instagram favoritos que são recheados de receitinhas que me dão vontade de cozinhar, mas, principalmente, comer.

 

@vigetariana_ 🌱

PERFIS VEGANOS VIGETARIANA

A Vitória é a pessoa que eu gostaria de ter sido no auge dos meus 14 anos. Tão consciente, tão fofa, tão incrível! Às vezes, eu não sei se amo ou se me irrito com a Vitória e os stories dela feliz depois de ter andado de bicicleta às 7h da manhã em um domingo. Não, na verdade, ela é uma super inspiração. E está poderosíssima, já que foi no Encontro com Fátima Bernardes para falar sobre veganismo. O instagram dela é um pontinho de luz, com muito amor e muitas receitas legais, olha só algumas das minhas favoritas: Bolo no poteiogurte grego de tofu e hommus com cenoura e beterraba

 

@veganismoporamor 🌱

PERFIS VEGANOS VEGANISMO POR AMOR

Esse é para babar e ficar com fome, literalmente, só de olhar. Você vai descendo e aparecem várias comidas deliciosas. Bolo para lá, almoço colorido para cá, smoothie ali, mais uma sobremesa acolá. Me dá vontade de testar várias coisas diferentes. Dá uma olhada nessas receitas e passa no instagram da Monique para provar o que estou dizendo: grãomeletebrownie com sorvetebolo de cenoura com chocolate e falafel de feijão fradinho.

 

Ok, admito: estou roubando um pouquinho. Esse post era para sair na #segundasemcarne e estamos na quarta. E, teoricamente, deveria ser uma receita, só que quando a gente segue as coisas à risca, não é mesmo? Eu garanto, no entanto, que se se você seguir esses cinco instagrans veganos vai ter receita para o resto […]

Leia mais



TAGS:








NÃO PERCA AS NOVIDADES, CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER!