• Pinceis favoritos para pele da Macrilan – Corretivo, base, blush SLIDE
  • simple-responsive-slide-disney


11 Maio, 2017

O ato de alimentar-se é muito mais complexo do que se imagina por aí. E muito mais bonito também. Tudo o que colocamos dentro do nosso organismo será recebido de diferentes maneiras e terá uma função, boa ou ruim. A combinação alimentar, nesse universo, é um assunto bem abrangente que quer descobrir os pares perfeitos na alimentação, para que a gente possa aproveitar ao máximo o que o alimento (nada de saquinhos!) tem a nos oferecer.

combinação alimentar - nutrientes

Nós já falamos sobre a combinação alimentar em relação às frutas. Se você quer saber porque maçã não combina com abacate ou mamão com kiwi, clica aqui. Eu fiz uns gráficos bem bonitinhos sobre o assunto para facilitar o entendimento! Hoje, porém, são cinco dicas mais genéricas sobre a combinação alimentar.

 

Lembrando que cada pessoa reage de um jeito distinto. O que funciona para mim pode não funcionar para você. Por isso, teste. Observe seu corpo e, então, aprenda com ele 😊

 

🍞🍍 Não combine amidos com alimentos ácidos

 

A digestão dos carboidratos complexos (batata, aveia, arroz, milho, etc) começa na boca, pela ação da amilase salivar. Essa enzima, porém, é destruída pelo ácido do outro grupo, atrapalhando a digestão do carboidrato — cerca de duas colheres de sopa de vinagre são o suficiente para tal. Pulando uma etapa da digestão, aquele alimento fica por mais tempo no intestino do que o necessário, aumentando a fermentação e, consequentemente, desconfortos abdominais e gases.

 

Eu acho que poucas pessoas combinam propositalmente abacaxi com batata, arroz com limão ou pão com laranja, mas é bom ficar de olho nas saladas, sobremesas e molhos. 

 

🍊🍲 Aposte na dupla vitamina C + ferro

 

Nos alimentos vegetais, encontramos o ferro chamado de não-heme, que tem menor absorção pelo organismo. Entra, então, a vitamina C que, ao se ligar com o ferro aumenta sua biodisponibilidade. Isso significa que você comer feijão no almoço e chupar uma laranja de sobremesa, o ferro no feijão será melhor absorvido.

 

Agora você já sabe, quando comer vegetais verde escuros e leguminosas inclua na mesma refeição uma fonte de vitamina C, como morango, kiwi, goiaba, caju, pimentão e até cranberry.

 

🍅 Cenouras e tomates precisam de gorduras boas

 

Colocar abacate, azeite de oliva ou castanhas na sua salada de cenoura, pimentão vermelho e tomatinhos vai te ajudar a aumentar a biodisponibilidade do licopeno e do betacaroteno, nutrientes importantes que agem contra o ataque dos radicais livres.

 

Funciona assim: para que o carotenóide seja absorvido é necessário que ele seja incorporado às micelas (responsável pelo transporte dos ácidos graxos e do colesterol até a mucosa intestinal) e a formação destas depende da presença de gorduras. Já a absorção do licopeno no intestino também é auxiliada pela formação de micelas de ácidos biliares. Como a bile é estimulada pela ingestão de gordura, outra vez, consumir um lipídio bom (nada de fritura) nas refeições aumenta a eficácia da absorção desses nutrientes.

 

🍚🍘 Arroz e feijão nosso de cada dia

 

Não é só por combinar pelo gosto, é por combinar em sua estrutura! Os aminoácidos do arroz se juntam aos aminoácidos do feijão os tornando uma proteína completa, de alto valor biológico — carne, pra quê, afinal?

 

Esse cereal e essa leguminosa são o par perfeito! A lisina que não tem no arroz você encontra no feijão, a metionina que é pobre no feijão existe em abundância no arroz. E se você optar pelo arroz integral, com vitaminas do complexo B, melhor ainda.

 

🍐🍓 Folhas verdes cruas combinam com todas as frutas

 

Exceto o grupo do melão e melância, que como falamos lá naquele primeiro post são frutas solitárias e preferem ficar sozinhas. Mas não tem problema, espinafre, couve, chicória, agrião, rúcula, aipo e até alface são boas pedidas quando falamos em saladas combinadas com frutas ou o querido suco verde. Se jogue sem medo em alimentos crus, repletos de nutrientes e em sua forma mais natural.

 

Você sabia de alguma dessas combinações? Ou por que o arroz com o feijão formam o casal perfeito? É, minha gente, nutrição é uma coisa maravilhosa! Vocês tem alguma dúvida sobre combinação alimentar? Me contem nos comentários e vamos buscar mais informações juntas 😊

 

Substituições veganas: fontes de ferro vegetal!

Substituições veganas: alimentos vegetais fontes de cálcio

 

Receitas da Segunda Sem Carne: 
➳ Nacho Supreme Vegano
➳ Creme de castanha
➳ Batatas recheadas com shimeji
Bolo de maça com nozes e receitas natalinas

Risoto de shimeji, tomate e abobrinha + inspirações

Hambúrguer vegano para dar e vender

 

💛 Outros posts que você pode gostar 💛

 

Me apaixonei por uma hamburgueria

➳ Onde encontrar salgadinhos veganos em São Paulo?

➳ O que eu comi hoje? (Vegano)

Vegetariana nos EUA: Cheesecake Factory e TGI Friday’s

Low Poo Vegano

Tour pelo Whole Foods

 

Também estou aqui: 

Instagram l Facebook l Twitter l Pinterest l Youtube


O ato de alimentar-se é muito mais complexo do que se imagina por aí. E muito mais bonito também. Tudo o que colocamos dentro do nosso organismo será recebido de diferentes maneiras e terá uma função, boa ou ruim. A combinação alimentar, nesse universo, é um assunto bem abrangente que quer descobrir os pares perfeitos na alimentação, para que a gente possa aproveitar ao máximo o que o alimento (nada de saquinhos!) tem a nos oferecer.

combinação alimentar - nutrientes

Nós já falamos sobre a combinação alimentar em relação às frutas. Se você quer saber porque maçã não combina com abacate ou mamão com kiwi, clica aqui. Eu fiz uns gráficos bem bonitinhos sobre o assunto para facilitar o entendimento! Hoje, porém, são cinco dicas mais genéricas sobre a combinação alimentar.

 

Lembrando que cada pessoa reage de um jeito distinto. O que funciona para mim pode não funcionar para você. Por isso, teste. Observe seu corpo e, então, aprenda com ele 😊

 

🍞🍍 Não combine amidos com alimentos ácidos

 

A digestão dos carboidratos complexos (batata, aveia, arroz, milho, etc) começa na boca, pela ação da amilase salivar. Essa enzima, porém, é destruída pelo ácido do outro grupo, atrapalhando a digestão do carboidrato — cerca de duas colheres de sopa de vinagre são o suficiente para tal. Pulando uma etapa da digestão, aquele alimento fica por mais tempo no intestino do que o necessário, aumentando a fermentação e, consequentemente, desconfortos abdominais e gases.

 

Eu acho que poucas pessoas combinam propositalmente abacaxi com batata, arroz com limão ou pão com laranja, mas é bom ficar de olho nas saladas, sobremesas e molhos. 

 

🍊🍲 Aposte na dupla vitamina C + ferro

 

Nos alimentos vegetais, encontramos o ferro chamado de não-heme, que tem menor absorção pelo organismo. Entra, então, a vitamina C que, ao se ligar com o ferro aumenta sua biodisponibilidade. Isso significa que você comer feijão no almoço e chupar uma laranja de sobremesa, o ferro no feijão será melhor absorvido.

 

Agora você já sabe, quando comer vegetais verde escuros e leguminosas inclua na mesma refeição uma fonte de vitamina C, como morango, kiwi, goiaba, caju, pimentão e até cranberry.

 

🍅 Cenouras e tomates precisam de gorduras boas

 

Colocar abacate, azeite de oliva ou castanhas na sua salada de cenoura, pimentão vermelho e tomatinhos vai te ajudar a aumentar a biodisponibilidade do licopeno e do betacaroteno, nutrientes importantes que agem contra o ataque dos radicais livres.

 

Funciona assim: para que o carotenóide seja absorvido é necessário que ele seja incorporado às micelas (responsável pelo transporte dos ácidos graxos e do colesterol até a mucosa intestinal) e a formação destas depende da presença de gorduras. Já a absorção do licopeno no intestino também é auxiliada pela formação de micelas de ácidos biliares. Como a bile é estimulada pela ingestão de gordura, outra vez, consumir um lipídio bom (nada de fritura) nas refeições aumenta a eficácia da absorção desses nutrientes.

 

🍚🍘 Arroz e feijão nosso de cada dia

 

Não é só por combinar pelo gosto, é por combinar em sua estrutura! Os aminoácidos do arroz se juntam aos aminoácidos do feijão os tornando uma proteína completa, de alto valor biológico — carne, pra quê, afinal?

 

Esse cereal e essa leguminosa são o par perfeito! A lisina que não tem no arroz você encontra no feijão, a metionina que é pobre no feijão existe em abundância no arroz. E se você optar pelo arroz integral, com vitaminas do complexo B, melhor ainda.

 

🍐🍓 Folhas verdes cruas combinam com todas as frutas

 

Exceto o grupo do melão e melância, que como falamos lá naquele primeiro post são frutas solitárias e preferem ficar sozinhas. Mas não tem problema, espinafre, couve, chicória, agrião, rúcula, aipo e até alface são boas pedidas quando falamos em saladas combinadas com frutas ou o querido suco verde. Se jogue sem medo em alimentos crus, repletos de nutrientes e em sua forma mais natural.

 

Você sabia de alguma dessas combinações? Ou por que o arroz com o feijão formam o casal perfeito? É, minha gente, nutrição é uma coisa maravilhosa! Vocês tem alguma dúvida sobre combinação alimentar? Me contem nos comentários e vamos buscar mais informações juntas 😊

 

Substituições veganas: fontes de ferro vegetal!

Substituições veganas: alimentos vegetais fontes de cálcio

 

Receitas da Segunda Sem Carne: 
➳ Nacho Supreme Vegano
➳ Creme de castanha
➳ Batatas recheadas com shimeji
Bolo de maça com nozes e receitas natalinas

Risoto de shimeji, tomate e abobrinha + inspirações

Hambúrguer vegano para dar e vender

 

💛 Outros posts que você pode gostar 💛

 

Me apaixonei por uma hamburgueria

➳ Onde encontrar salgadinhos veganos em São Paulo?

➳ O que eu comi hoje? (Vegano)

Vegetariana nos EUA: Cheesecake Factory e TGI Friday’s

Low Poo Vegano

Tour pelo Whole Foods

 

Também estou aqui: 

Instagram l Facebook l Twitter l Pinterest l Youtube


TAGS:




7 Comentários em “Dicas de combinação alimentar”


Combinação alimentar – Frutas l Entre Anas

[…] Vem ver outras dicas de combinação alimentar aqui! […]

Por que Nesfit não é saudável? l Entre Anas

[…] ➳ Dicas de combinação alimentar práticas para o dia a dia […]

Snack de grão de bico e outros petiscos veganos l Entre Anas

[…] ➳ Dicas de combinação alimentar […]

Os melhores perfis veganos para seguir no Instagram! l Entre Anas

[…] ➳ Dicas de combinação alimentar […]

Substituições veganas: alimentos vegetais fontes de cálcio! l Entre Anas

[…] O importante, no fim, é consumir a recomendação, cerca de 1g (1000mg), e tomar bastante solzinho antes das 10h da manhã, pois a Vitamina D fixa o cálcio no organismo. Se você quer saber mais dicas de combinação alimentar, tenho dois posts sobre o assunto, um falando de frutinhas e outro com dicas no geral. […]

Substituições veganas: fontes de proteína vegetal! l Entre Anas

[…] Dicas de combinação alimentar […]

Como saber se um produto é vegano? l Entre Anas

[…] ➳ Dicas de combinação alimentar […]


Deixe seu comentário:

Veja o que acontece por aí