• Pinceis favoritos para pele da Macrilan – Corretivo, base, blush SLIDE
  • simple-responsive-slide-disney


6 março, 2017

Eu sei, eu pequei. No dia em que fizemos Nachos, eu comentei que toda segunda teria uma receita no Entre Anas. E, bom, faz um tempinho que as receitas não aparecem. Juro que em algumas segundas eu simplesmente esqueci. Quando percebi era terça e, ops, não postei nada comestível para as pessoas testarem e experimentarem. Talvez, eu não devesse me comprometer tanto assim, afinal, não sou uma chef, não sou tão organizada e não invento ou me arrisco em tantas receitas diferentes. Então, combinado que as receitas ainda continuarão firmes e fortes, mas não tão fixas em toda segunda, ok? Ok.

HAMBÚRGUER VEGANO L GRÃO DE BICO

Esse hambúrguer da foto foi feito aqui em casa pelas minhas mãos e, assim, fazer hambúrguer e congelar é a melhor coisa do mundo! Não necessariamente para comer com pão, alface e ketchup, mas se você quer alguma coisa rápida e gostosa basta ir até o congelador, tirar um deles do saquinho e mandar direto para a frigideira. Essa foi minha primeira tentativa de hambúrguer vegano (obrigada Ogros Veganos pelas dicas) e, particularmente, gostei bastante, apesar da consistência ser bem molinha em comparação ao meu hambúrguer favorito da Novos Veganos (já expliquei porque amo tanto esse lugar aqui).

 

A receita é tão, mas tão simples que eu decidi tornar esse post um apunhado de hambúrguer vegano para dar e vender. Vamos começar pelo meu.

 

Ingredientes 🍔

1 xícara de grão de bico; 1/4 de aveia em flocos; farinha de rosca até dar liga; azeite; salsinha; 2 dentes de alho; ½ cebola picada; alho em pó; páprica; orégano; pimenta do reino; tomilho ou qualquer tempero que seu paladar ame.  

 

Primeiro, para melhorar a digestão, é importante fazer o remolho, ou seja, deixar o grão de bico na água durante a noite e dentro da geladeira, nada de deixar no balcão onde tem ar o suficiente e a temperatura perfeita para bactérias. Você também pode optar pelo remolho quente, onde você coloca para cada 1 xícara de grão de bico, 3 de água dentro da panela de pressão. Quando começar a chiar, conte dois minutos, desligue o fogo e deixe o grão de bico ali por mais trinta minutos. Depois, é só desprezar essa água e cozinhar normalmente com um pouquinho de sal.

 

Você pode deixar o grão de bico bem molinho mesmo, porque assim que ele cozinhar, chegou a hora de amassá-lo. Ah, eu tiro a casquinho só dos que soltaram naturalmente, o resto vai com mesmo. Como eu usei um processador, meu hambúrguer ficou ainda com uns pedacinhos de grão de bico, bem gostoso. O outro ingrediente básico é a farinha de rosca, e aí, sinceramente, além disso, é com a sua criatividade.

 

Eu processei o grão de bico junto com o azeite, alho e a cebola, mas deveria ter amassado o alho antes, porque ficou ainda alguns pedaços no meio. Se você não gosta do gosto forte de alho, pode assá-lo ou, então, tirar o cabinho meio esverdeado de dentro que dá esse aspecto marcante. Outra opção é cortar a cebola miudinha e deixar os pedacinhos na massa.

 

Mais uma dica: acrescentar pimentão, cenoura ou outro vegetal bem al dente. Só não coloque tomate, porque ele solta muita água e pode atrapalhar na hora de dar liga.

 

Cebola, alho, azeite e grão de bico juntos, chegou a hora de acrescentar a farinha e a salsinha. Eu usei ¼ de xícara de aveia em flocos e fui acrescentando a farinha de rosca até que a massa não estivesse tão grudenta. É meio no tato mesmo. Por fim, temperos, ah, esse mundo mágico. Você pode dar um toque mais indiano com curry e zaatar ou optar pela minha combinação perfeita: páprica + alho em pó. Além do de praxe, orégano e pimenta do reino, temperos que coloco em tudo. O tomilho foi só para dar uma graça. Mas por que não chimichurri ou pimentão seco? Ou tempero baiano? E claro, sal.

 

Depois, é só pegar um pouco dessa massa e moldá-las no formato de bolinha. Para congelar, eu usei uma assadeira e, quando não cabia mais, saquinhos plástico. Colocava um, dobrava, colocava outro. No total, foram uns 18 hambúrgueres só com essa 1 xícara de grão de bico. Já estou com saudades.

 

Mas esse foi o meu, se você não gosta de grão de bico ou quer outras opções, olha só as receitas de hambúrguer vegano que separei:

hambúrguer vegano l beterraba e arroz

HAMBURGUER VEGANO l LENTILHA, MILHO, ERVILHA, SHIMEJI 3

 Hambúrger de beterraba e arroz l Hambúrguer de lentilha Hamburguer de shimeji l Hambúrguer de milho e ervilha l Hambúrguer de feijão preto

hambúrguer vegano l cevada e cogumelos

Hambúrguer de couve flor l Hambúrguer de quinoa e tofuHambúrguer de berinjela l Hambúrguer de cevada e cogumelos (foto) l Hambúrguer de tremoço

 

Receitas da Segunda Sem Carne: 
➳ Nacho Supreme Vegano
➳ Creme de castanha
➳ Batatas recheadas com shimeji
Bolo de maça com nozes e receitas natalinas

Risoto de shimeji, tomate e abobrinha + inspirações

 

🍔 Outros posts que você pode gostar 🍔

 

➳ Pizza da Villa Roma: tão fininha que você precisa comer com a mão!

➳ Onde encontrar salgadinhos veganos em São Paulo?

➳ Hambúrguer vegetariano do Big Kahuna

Adote, não compre

Vegetariana nos EUA: será que o Cheesecake Factory e o TGI Friday’s passou no teste?

Transição para o veganismo

 

Também estou aqui: 

Instagram l Facebook l Twitter l Pinterest l Youtube


Eu sei, eu pequei. No dia em que fizemos Nachos, eu comentei que toda segunda teria uma receita no Entre Anas. E, bom, faz um tempinho que as receitas não aparecem. Juro que em algumas segundas eu simplesmente esqueci. Quando percebi era terça e, ops, não postei nada comestível para as pessoas testarem e experimentarem. Talvez, eu não devesse me comprometer tanto assim, afinal, não sou uma chef, não sou tão organizada e não invento ou me arrisco em tantas receitas diferentes. Então, combinado que as receitas ainda continuarão firmes e fortes, mas não tão fixas em toda segunda, ok? Ok.

HAMBÚRGUER VEGANO L GRÃO DE BICO

Esse hambúrguer da foto foi feito aqui em casa pelas minhas mãos e, assim, fazer hambúrguer e congelar é a melhor coisa do mundo! Não necessariamente para comer com pão, alface e ketchup, mas se você quer alguma coisa rápida e gostosa basta ir até o congelador, tirar um deles do saquinho e mandar direto para a frigideira. Essa foi minha primeira tentativa de hambúrguer vegano (obrigada Ogros Veganos pelas dicas) e, particularmente, gostei bastante, apesar da consistência ser bem molinha em comparação ao meu hambúrguer favorito da Novos Veganos (já expliquei porque amo tanto esse lugar aqui).

 

A receita é tão, mas tão simples que eu decidi tornar esse post um apunhado de hambúrguer vegano para dar e vender. Vamos começar pelo meu.

 

Ingredientes 🍔

1 xícara de grão de bico; 1/4 de aveia em flocos; farinha de rosca até dar liga; azeite; salsinha; 2 dentes de alho; ½ cebola picada; alho em pó; páprica; orégano; pimenta do reino; tomilho ou qualquer tempero que seu paladar ame.  

 

Primeiro, para melhorar a digestão, é importante fazer o remolho, ou seja, deixar o grão de bico na água durante a noite e dentro da geladeira, nada de deixar no balcão onde tem ar o suficiente e a temperatura perfeita para bactérias. Você também pode optar pelo remolho quente, onde você coloca para cada 1 xícara de grão de bico, 3 de água dentro da panela de pressão. Quando começar a chiar, conte dois minutos, desligue o fogo e deixe o grão de bico ali por mais trinta minutos. Depois, é só desprezar essa água e cozinhar normalmente com um pouquinho de sal.

 

Você pode deixar o grão de bico bem molinho mesmo, porque assim que ele cozinhar, chegou a hora de amassá-lo. Ah, eu tiro a casquinho só dos que soltaram naturalmente, o resto vai com mesmo. Como eu usei um processador, meu hambúrguer ficou ainda com uns pedacinhos de grão de bico, bem gostoso. O outro ingrediente básico é a farinha de rosca, e aí, sinceramente, além disso, é com a sua criatividade.

 

Eu processei o grão de bico junto com o azeite, alho e a cebola, mas deveria ter amassado o alho antes, porque ficou ainda alguns pedaços no meio. Se você não gosta do gosto forte de alho, pode assá-lo ou, então, tirar o cabinho meio esverdeado de dentro que dá esse aspecto marcante. Outra opção é cortar a cebola miudinha e deixar os pedacinhos na massa.

 

Mais uma dica: acrescentar pimentão, cenoura ou outro vegetal bem al dente. Só não coloque tomate, porque ele solta muita água e pode atrapalhar na hora de dar liga.

 

Cebola, alho, azeite e grão de bico juntos, chegou a hora de acrescentar a farinha e a salsinha. Eu usei ¼ de xícara de aveia em flocos e fui acrescentando a farinha de rosca até que a massa não estivesse tão grudenta. É meio no tato mesmo. Por fim, temperos, ah, esse mundo mágico. Você pode dar um toque mais indiano com curry e zaatar ou optar pela minha combinação perfeita: páprica + alho em pó. Além do de praxe, orégano e pimenta do reino, temperos que coloco em tudo. O tomilho foi só para dar uma graça. Mas por que não chimichurri ou pimentão seco? Ou tempero baiano? E claro, sal.

 

Depois, é só pegar um pouco dessa massa e moldá-las no formato de bolinha. Para congelar, eu usei uma assadeira e, quando não cabia mais, saquinhos plástico. Colocava um, dobrava, colocava outro. No total, foram uns 18 hambúrgueres só com essa 1 xícara de grão de bico. Já estou com saudades.

 

Mas esse foi o meu, se você não gosta de grão de bico ou quer outras opções, olha só as receitas de hambúrguer vegano que separei:

hambúrguer vegano l beterraba e arroz

HAMBURGUER VEGANO l LENTILHA, MILHO, ERVILHA, SHIMEJI 3

 Hambúrger de beterraba e arroz l Hambúrguer de lentilha Hamburguer de shimeji l Hambúrguer de milho e ervilha l Hambúrguer de feijão preto

hambúrguer vegano l cevada e cogumelos

Hambúrguer de couve flor l Hambúrguer de quinoa e tofuHambúrguer de berinjela l Hambúrguer de cevada e cogumelos (foto) l Hambúrguer de tremoço

 

Receitas da Segunda Sem Carne: 
➳ Nacho Supreme Vegano
➳ Creme de castanha
➳ Batatas recheadas com shimeji
Bolo de maça com nozes e receitas natalinas

Risoto de shimeji, tomate e abobrinha + inspirações

 

🍔 Outros posts que você pode gostar 🍔

 

➳ Pizza da Villa Roma: tão fininha que você precisa comer com a mão!

➳ Onde encontrar salgadinhos veganos em São Paulo?

➳ Hambúrguer vegetariano do Big Kahuna

Adote, não compre

Vegetariana nos EUA: será que o Cheesecake Factory e o TGI Friday’s passou no teste?

Transição para o veganismo

 

Também estou aqui: 

Instagram l Facebook l Twitter l Pinterest l Youtube


TAGS:




Nenhum comentário em “Hambúrguer vegano para dar e vender”


Deixe seu comentário:



Veja o que acontece por aí