• Pinceis favoritos para pele da Macrilan – Corretivo, base, blush SLIDE
  • simple-responsive-slide-disney


8 Fevereiro, 2016

Ao fim do meu primeiro ano na faculdade, dois dias após o natal, eu fui a um estúdio na Lapa, bem longe da minha casa, para fazer a minha primeira tatuagem. Agora, um ano e alguns meses depois, agrupei todos os detalhes sobre essa experiência no post ♥

Primeira tatuagem - Dor, estúdio, desenho, cicatrização

Eu decidi o desenho no início de 2014, só estava esperando a maioridade da minha namorada, pois faríamos juntas. Que fique bem claro que essa não é uma tatuagem de casal. Existe um significado em conjunto, mas também individual.

 

Basicamente, o símbolo representa que todo amor é igual. Para fugir apenas do coração ou do triângulo preto invertido, juntei o primeiro desenho com um = – inspirada pela tatuagem da Miley Cyrus. Além do significado inicial, essa tatuagem me remete a uma fase de mudanças na minha vida, na qual eu passei por um processo de afirmação da minha identidade e me vi muito mais forte do que imaginava. Ela simboliza os meus ideais e a pessoa que me tornei.

 

Tem muita opressão, muita violência e muita, mas muita, recriminação quando se é mulher e lésbica/bissexual. Marquei o meu corpo com algo que corresponde à diversidade, pois não quero me esquecer nunca de que toda forma de amor e de expressão são válidas. Pois, pelo resto da minha vida, quero me lembrar de manter a mente aberta e desconstruir ideias que me puxam para trás, sendo que só pretendo ir à frente. Toda vez que olhar para essa tatuagem, lembrarei da minha adolescência, de um período de descobertas e de pessoas muito especiais.

 

10 coisas que aprendi na autoescola!

 

Eu tinha um tatuador em mente desde que pensei no desenho, o perronitattoo. Ele fez duas das tatuagens da minha amiga e eu me apaixonei pelos seus traços. Sabia que ele tornaria a minha ideia em algo concreto perfeitamente. Maaaas (sempre tem um mas) na época eu havia acabado de me demitir, ou seja, não estava esbanjando dinheiro. O seu orçamento ficou em torno de R$300. Sem condições. Caso tivesse dim dim o suficiente na conta, pagaria o valor estipulado, pois valorizo a mão de obra do tatuador e sei que valeria a pena. Como essa não era a minha situação, fui procurar outro estúdio. Após muitos e-mails, muita procura, muitas fotos no instagram, achei um lugar que me passou confiança: o WestInk Tattoo.

 

Eles foram super atenciosos por e-mail, passaram todas as informações corretas e, então, resolvemos marcar um horário. Escolhemos tatuar com o Rodrigo, que me conquistou pelas seguintes tatuagens: esse símbolo de hamsa e o manequim. Tantos detalhes e tamanha delicadeza que tive certeza de que ele conseguiria fazer um coração e um igual perfeitos. O preço combinado foi R$200, sendo que o mínimo do estúdio é R$150. Com tudo certinho, esperamos ansiosamente pelo dia 27 de dezembro, um sábado pós-natal.

Primeira tatuagem - estúdio, dor, cicatrização, significado

Logo depois de fazer!

O estúdio não é muito grande, mas é extremamente limpo. A sala em que fiz a tatuagem tinha cheiro de limpeza e álcool. O Rodrigo foi muito cuidadoso, afinal, era a nossa primeira experiência com as agulhas. Os desenhos foram retirados da internet para não ter erro algum – sim, eu já vi muito coração torto.

 

O processo inteiro, no geral, foi rápido. Fomos atendidas, separamos o desenho, o deixamos do jeito que queríamos, fizemos o decalque, olhamos, concordamos e partimos para as agulhas. Escolhemos a nuca, pois além de ser escondido, foi onde achamos que o desenho se encaixaria melhor. Não me arrependo, adorei nesse lugar. Pensei que fosse doer o triplo do que senti, mas digo com toda sinceridade do mundo: foi tranquilo. É totalmente suportável.

 

Quando escolhi a nuca, não pensei muito na dor, mas depois descobri que esse é um dos locais no qual a sensação é mais leve. Esse site ajuda bastante quem está em dúvida sobre o lugar e tem medo da dor. Na verdade, é mais uma queimação. O que senti se assemelha muito mais à ardência do que dor intensa. Lembre-se de que tudo depende do desenho, lugar e do seu organismo. Em alguns momentos, sentia uma pontada mais forte, mas nada que me fizesse chorar ou querer desistir. A “dor” durou apenas alguns minutos e logo em seguida estava tudo bem novamente. A região fica um pouco dolorida e desconfortável minutos depois, mas nada exagerado.

 

Os quinze dias seguintes foram bem piores que as agulhas. A nuca é um lugar muito inacessível, então as primeiras noites em que precisei dormir com o plástico foram complicadas. É quase impossível prender as fitas adesivas sozinha. A nossa sorte foi que não precisamos cobrir a tatuagem durante o dia, pois por ser na nuca, acabaríamos suando muito e ela ficaria mais abafada e propensa a bactérias. Durante os primeiros três dias, deveríamos ficar com o cabelo preso, evitar tocar na tatuagem, limpá-la duas vezes ao dia com sabonete antibactericida e caso lavássemos a cabeça, precisaríamos fazer um malabarismo e molhar os fios de lado com, preferencialmente, água gelada.

 

Eu, boba, no dia da tatuagem pensei ah, nem vou lavar o cabelo, vou ter que ficar com ele preso mesmo. Bom, acabou que eu não “poderia” lavá-lo por mais três dias. Imaginem como estava a minha situação nesse calor. A minha dica, então, é a seguinte: lave o cabelo antes de fazer uma tatuagem, especialmente na nuca. Se morar sozinha, também se prepare para sofrer tentando colocar o plástico e prefira o esparadrapo. O tatuador nos disse para comprar a fita de microfibra, pois era mais suave e não grudaria no cabelo. Mas, no calor, suando e ainda mexendo a cabeça durante a noite, acredito que seja melhor prevenir com algo que realmente cole – por mais que depois você sofra um pouquinho para tirar a bagunça.

Primeira tatuagem - estúdio, dor, cicatrização, significado, desenho

Como todos imaginam, durante duas semanas, também tivemos que passar bepantol de três a quatro vezes por dia e evitar ao máximo o sol. Por ser na nuca, longe da minha visão, o que me ajudava nessa etapa era ficar de costas para um espelho grande, posicionar outro na minha frente e com a mão livre passar a pomada.

 

A minha cicatrização foi tranquila. Não tive alergias ou outras reações. A única coisa é que coça. Meu Deus, como coça! A vontade era de arrancar todas as casquinhas esfregando minha nuca na textura da parede. É desesperador. Mas para evitar que a minha tatuagem ficasse falhada ou manchada (é isso que acontece quando se tira as casquinhas!), eu respirava fundo, pegava mais um pouquinho de bepantol e espalhava por cima fazendo movimentos circulares. Melhorava na hora.

 

Quinze dias depois, o meu coração e o igual estavam no nível da pele, sem mais coceira, sem dor, sem nada. E até hoje continua intacta. Vale citar que eu também comi carne de porco e chocolate no mesmo dia em que fiz a tatuagem – ainda não tinha voltado a ser vegetariana. O Rodrigo nos disse que não teria problema comer doce, por exemplo, desde que essa não fosse a refeição principal. Eu acabei esquecendo e comi. Fiquei preocupada, mas nada aconteceu. Quando percebi que meu organismo não reagiu, comi até alguns bombons, pipoca com calda de chocolate e só evitei mesmo a carne de porco. Mesmo que isso dependa do corpo de cada pessoa, eu, definitivamente, não fui o melhor exemplo do mundo.

 

Recomendo muito o estúdio em que fiz a minha tatuagem. O Rodrigo nos deixou tranquilas e o desenho ficou exatamente como eu imaginava. Amei a experiência. Sou extremamente feliz com a minha pequenina na nuca e apesar das dificuldades dos cuidados no local, não a mudaria em nenhum aspecto. Agora é só esperar pela próxima ideia – e pelo dinheiro sobrando na conta, claro.

 

O que acharam da minha primeira tatuagem? Alguma dúvida? Também me contem nos comentários se vocês têm tatuagens e como foi a experiência!

PRIMEIRA TATUAGEM - LINK POR AÍ


Ao fim do meu primeiro ano na faculdade, dois dias após o natal, eu fui a um estúdio na Lapa, bem longe da minha casa, para fazer a minha primeira tatuagem. Agora, um ano e alguns meses depois, agrupei todos os detalhes sobre essa experiência no post ♥

Primeira tatuagem - Dor, estúdio, desenho, cicatrização

Eu decidi o desenho no início de 2014, só estava esperando a maioridade da minha namorada, pois faríamos juntas. Que fique bem claro que essa não é uma tatuagem de casal. Existe um significado em conjunto, mas também individual.

 

Basicamente, o símbolo representa que todo amor é igual. Para fugir apenas do coração ou do triângulo preto invertido, juntei o primeiro desenho com um = – inspirada pela tatuagem da Miley Cyrus. Além do significado inicial, essa tatuagem me remete a uma fase de mudanças na minha vida, na qual eu passei por um processo de afirmação da minha identidade e me vi muito mais forte do que imaginava. Ela simboliza os meus ideais e a pessoa que me tornei.

 

Tem muita opressão, muita violência e muita, mas muita, recriminação quando se é mulher e lésbica/bissexual. Marquei o meu corpo com algo que corresponde à diversidade, pois não quero me esquecer nunca de que toda forma de amor e de expressão são válidas. Pois, pelo resto da minha vida, quero me lembrar de manter a mente aberta e desconstruir ideias que me puxam para trás, sendo que só pretendo ir à frente. Toda vez que olhar para essa tatuagem, lembrarei da minha adolescência, de um período de descobertas e de pessoas muito especiais.

 

10 coisas que aprendi na autoescola!

 

Eu tinha um tatuador em mente desde que pensei no desenho, o perronitattoo. Ele fez duas das tatuagens da minha amiga e eu me apaixonei pelos seus traços. Sabia que ele tornaria a minha ideia em algo concreto perfeitamente. Maaaas (sempre tem um mas) na época eu havia acabado de me demitir, ou seja, não estava esbanjando dinheiro. O seu orçamento ficou em torno de R$300. Sem condições. Caso tivesse dim dim o suficiente na conta, pagaria o valor estipulado, pois valorizo a mão de obra do tatuador e sei que valeria a pena. Como essa não era a minha situação, fui procurar outro estúdio. Após muitos e-mails, muita procura, muitas fotos no instagram, achei um lugar que me passou confiança: o WestInk Tattoo.

 

Eles foram super atenciosos por e-mail, passaram todas as informações corretas e, então, resolvemos marcar um horário. Escolhemos tatuar com o Rodrigo, que me conquistou pelas seguintes tatuagens: esse símbolo de hamsa e o manequim. Tantos detalhes e tamanha delicadeza que tive certeza de que ele conseguiria fazer um coração e um igual perfeitos. O preço combinado foi R$200, sendo que o mínimo do estúdio é R$150. Com tudo certinho, esperamos ansiosamente pelo dia 27 de dezembro, um sábado pós-natal.

Primeira tatuagem - estúdio, dor, cicatrização, significado

Logo depois de fazer!

O estúdio não é muito grande, mas é extremamente limpo. A sala em que fiz a tatuagem tinha cheiro de limpeza e álcool. O Rodrigo foi muito cuidadoso, afinal, era a nossa primeira experiência com as agulhas. Os desenhos foram retirados da internet para não ter erro algum – sim, eu já vi muito coração torto.

 

O processo inteiro, no geral, foi rápido. Fomos atendidas, separamos o desenho, o deixamos do jeito que queríamos, fizemos o decalque, olhamos, concordamos e partimos para as agulhas. Escolhemos a nuca, pois além de ser escondido, foi onde achamos que o desenho se encaixaria melhor. Não me arrependo, adorei nesse lugar. Pensei que fosse doer o triplo do que senti, mas digo com toda sinceridade do mundo: foi tranquilo. É totalmente suportável.

 

Quando escolhi a nuca, não pensei muito na dor, mas depois descobri que esse é um dos locais no qual a sensação é mais leve. Esse site ajuda bastante quem está em dúvida sobre o lugar e tem medo da dor. Na verdade, é mais uma queimação. O que senti se assemelha muito mais à ardência do que dor intensa. Lembre-se de que tudo depende do desenho, lugar e do seu organismo. Em alguns momentos, sentia uma pontada mais forte, mas nada que me fizesse chorar ou querer desistir. A “dor” durou apenas alguns minutos e logo em seguida estava tudo bem novamente. A região fica um pouco dolorida e desconfortável minutos depois, mas nada exagerado.

 

Os quinze dias seguintes foram bem piores que as agulhas. A nuca é um lugar muito inacessível, então as primeiras noites em que precisei dormir com o plástico foram complicadas. É quase impossível prender as fitas adesivas sozinha. A nossa sorte foi que não precisamos cobrir a tatuagem durante o dia, pois por ser na nuca, acabaríamos suando muito e ela ficaria mais abafada e propensa a bactérias. Durante os primeiros três dias, deveríamos ficar com o cabelo preso, evitar tocar na tatuagem, limpá-la duas vezes ao dia com sabonete antibactericida e caso lavássemos a cabeça, precisaríamos fazer um malabarismo e molhar os fios de lado com, preferencialmente, água gelada.

 

Eu, boba, no dia da tatuagem pensei ah, nem vou lavar o cabelo, vou ter que ficar com ele preso mesmo. Bom, acabou que eu não “poderia” lavá-lo por mais três dias. Imaginem como estava a minha situação nesse calor. A minha dica, então, é a seguinte: lave o cabelo antes de fazer uma tatuagem, especialmente na nuca. Se morar sozinha, também se prepare para sofrer tentando colocar o plástico e prefira o esparadrapo. O tatuador nos disse para comprar a fita de microfibra, pois era mais suave e não grudaria no cabelo. Mas, no calor, suando e ainda mexendo a cabeça durante a noite, acredito que seja melhor prevenir com algo que realmente cole – por mais que depois você sofra um pouquinho para tirar a bagunça.

Primeira tatuagem - estúdio, dor, cicatrização, significado, desenho

Como todos imaginam, durante duas semanas, também tivemos que passar bepantol de três a quatro vezes por dia e evitar ao máximo o sol. Por ser na nuca, longe da minha visão, o que me ajudava nessa etapa era ficar de costas para um espelho grande, posicionar outro na minha frente e com a mão livre passar a pomada.

 

A minha cicatrização foi tranquila. Não tive alergias ou outras reações. A única coisa é que coça. Meu Deus, como coça! A vontade era de arrancar todas as casquinhas esfregando minha nuca na textura da parede. É desesperador. Mas para evitar que a minha tatuagem ficasse falhada ou manchada (é isso que acontece quando se tira as casquinhas!), eu respirava fundo, pegava mais um pouquinho de bepantol e espalhava por cima fazendo movimentos circulares. Melhorava na hora.

 

Quinze dias depois, o meu coração e o igual estavam no nível da pele, sem mais coceira, sem dor, sem nada. E até hoje continua intacta. Vale citar que eu também comi carne de porco e chocolate no mesmo dia em que fiz a tatuagem – ainda não tinha voltado a ser vegetariana. O Rodrigo nos disse que não teria problema comer doce, por exemplo, desde que essa não fosse a refeição principal. Eu acabei esquecendo e comi. Fiquei preocupada, mas nada aconteceu. Quando percebi que meu organismo não reagiu, comi até alguns bombons, pipoca com calda de chocolate e só evitei mesmo a carne de porco. Mesmo que isso dependa do corpo de cada pessoa, eu, definitivamente, não fui o melhor exemplo do mundo.

 

Recomendo muito o estúdio em que fiz a minha tatuagem. O Rodrigo nos deixou tranquilas e o desenho ficou exatamente como eu imaginava. Amei a experiência. Sou extremamente feliz com a minha pequenina na nuca e apesar das dificuldades dos cuidados no local, não a mudaria em nenhum aspecto. Agora é só esperar pela próxima ideia – e pelo dinheiro sobrando na conta, claro.

 

O que acharam da minha primeira tatuagem? Alguma dúvida? Também me contem nos comentários se vocês têm tatuagens e como foi a experiência!

PRIMEIRA TATUAGEM - LINK POR AÍ


TAGS:




9 Comentários em “Tudo sobre a minha primeira tatuagem”


Paula

Nossa, a minha tattoo não coçava nada quando estava cicatrizando! A minha é um laço pequeno no pulso, e também não doeu, aliás, foi tão rápido que mal deu pra sentir! Linda a sua, adorei!

Luana

Sério??? Que sorte!
E tem gente que fez no mesmo lugar que a minha e fala que doeu horrores. Não consigo entender como haha

Esther B.

Nossa, achei muito fofa a sua primeira tatto! O desenho, o lugar, tudo <3 gostei muito hahah e nossa, com um cabelão desse deve ser sofrido pra cuidar de uma tatto na nuca assim mesmo kkkk
Amei <3

http://fluorescente.co/

Luana

Eu também acho ela muito fofa! <3 hahahaha Pior é que sofri mesmo 🙁 Mas já passou haha

Luciana Andrade - Ciana Andrade

Ficou linda a sua tatoo. Eu sempre tive vontade de fazer uma pequena e delicada como a sua, mas o medo ainda é maior do que a vontade.rsrs bjs
http://www.pilateandosonhos.com

Luana

Olha, se o medo te impede, na nuca é tranquilo viu? hahaha
Obrigada ♥

Luana Souza

que tatto mais linda *-* e o significado é ainda mais maravilho <3 <3 =
tenho muita vontade de fazer tatuagens, mas vou ter que esperar até fazer 18 :/
beijos :*
http://memorialices.blogspot.com.br/

Luana

Obrigada ♥♥♥
Espere! Eu esperei e não me arrependo. As ideias amadurecem e aí você tem mais certeza do que quer fazer 🙂

Minha cobertura de tatuagem com um desenho sobre veganismo

[…] relação à cicatrização, devo admitir que minha pele é muito boa para tatuagem. É claro, eu cuido direitinho. Nos primeiros 15 dias, sempre deixo a tatuagem limpinha e bem […]


Deixe seu comentário:

Veja o que acontece por aí