• Pinceis favoritos para pele da Macrilan – Corretivo, base, blush SLIDE
  • simple-responsive-slide-disney


19 Janeiro, 2018

Meu pó da Vult está em seus últimos suspiros. Foram bons os nossos momentos justos, mas chegou a hora de dar continuação a nossa saga em busca de, desta vez, de um pó compacto vegano. Quem sabe, ele não conquiste o meu coração outra vez, afinal, pelo preço e qualidade, o pó compacto da Vult está mais do que aprovado! 💫

PÓ COMPACTO VEGANO

É engraçado quando como começo essas listinhas, sempre as mesmas marcas aparecem: Baims, Vynama, Bioart, Elf, Organela e Dona Orgânica. Dessa vez, consegui caçar uma ou outra diferente. Estou bem empolgada com o pó compacto vegano da Dalla Makeup, marca que acredito encontrar na 25 de Março por um preço bem atrativo ao bolso. Sem falar que a embalagem é uma gracinha!

 

Eu tento ao máximo selecionar produtos que você não precise esperar uma amiga viajar para comprar ou correr o risco de ser taxada, mas nós sabemos que a probabilidade de encontrar maquiagens veganas em lojas físicas é bem maior fora do país. Principalmente, se na cidade você encontrar um Whole Foods.

 

O importante é mostrar que existem alternativas veganas de qualidade. E não venha com o discurso clichê pronto de que maquiagens veganas são mais caras que as convencionais, porque Benefit, M.A.C e Bourjois têm os mesmos preços ou até mais altos. Além de que Vult e Koloss estão nessa lista para mostrar que é possível encontrar opções que cabem no seu orçamento.

 

Vamos, então, às minhas escolhas de pó compacto vegano? Dessa vez, fiz diferente e a lista começa pelo produto mais barato e vai até o mais caro! E nem todos são exatamente pós compactos, tem pó translúcido, pó solto, base em pó e outras variações.

 

Se você precisa de outros itens veganos de maquiagem, eu também tenho uma lista de corretivos veganos e rímeis veganos! 🌱❤

 

Pó compacto vegano, 17 opções

PÓ COMPACTO VEGANO - VULT ELF KOLOSS

Dalla Makeup – Pó compacto Micronizado – R$7 – 9g

 

Vult – Pó compacto – R$21,10 – 9g

 

Koloss – Pó HD – R$21,90 – 8g

 

Bio&Natural – Pó compacto – 6,10 € (~R$24)  9g

 

Elf – Pó compacto – R$35 – 5g

 

Cativa – Pó compacto orgânico – R$52,90 – 10g

 

Vynama Makeup – Pó compacto – R$53,45 – 10g

CONTINUE LENDO ♥


TAGS:
PÓ COMPACTO VEGANO - BAIMS LUSH ORGANELA

Meu pó da Vult está em seus últimos suspiros. Foram bons os nossos momentos justos, mas chegou a hora de dar continuação a nossa saga em busca de, desta vez, de um pó compacto vegano. Quem sabe, ele não conquiste o meu coração outra vez, afinal, pelo preço e qualidade, o pó compacto da Vult está mais […]

Leia mais







17 Janeiro, 2018

Assim que sai do Empório Mais Verde, em dezembro de 2017, pensei em gravar este vídeo. Minha empolgação foi tanta diante daquela compra vegana com produtos tão diferentes que eu logo desejei compartilhei essas descobertas por aqui. Acontece que gravar vídeos não uma tarefa fácil, ao menos, não para mim. Preciso de silêncio, luz, disposição, tempo e bateria carregada. Só consegui esse combo, agora, em janeiro. E tudo bem, nós já falamos sobre esse comportamento negativo de sempre perceber o erro primeiro, sem nos parabenizar pelas pequenas conquistas. O que importa é que cá está o vídeo que eu planejei, mostrando minhas compras veganas.

 

No vídeo, conto o preço e compartilho a minha opinião a respeito dos produtos, já que tive tempo de testá-los. Olha só, o atraso até que rendeu pontos positivos 😊 Dá o play e vem conhecer manteiga e pepperoni em suas versões veganas, um absorvente que não é testado em animais e a famosa nutritional yeast.

 

Compras veganas 🌱

 

Comidinhas e produtos de higiene pessoal

COMPRAS VEGANAS

➳ VeGhee, manteiga vegetal, Queijoquinha, 160g

➳ Nutritional Yeast, VeganWay, 100g

➳ Farofa crocante proteica, Sora, 300g

➳ Queijo mussarela de castanha de caju, Vida Veg, 300g (o preço dos queijos da Superbom que eu encontrei em lojas online é relativamente maior do que os da Veg Vida)

➳ Tempêroni, Mun Artesanal, 200g

➳ Absorventes, Natracare, 12 unidades

➳ Shampoo de laranja, Surya

 

Se você quer fazer compras mais conscientes, eu elaborei 5 perguntas para te ajudar 💫

 

O veganismo é acessível?

 

Muita gente pode usar produtos como esses para justificar que o veganismo não é acessível, mas calma lá. Ninguém come tempêroni com queijo de castanha de caju todos os dias no almoço. Ninguém precisa ter essas coisas no armário para conseguir uma dieta balanceada e deliciosa. O veganismo não é caro, ele é elitista e isso são coisas bem diferentes.

 

CONTINUE LENDO ♥


TAGS:
COMPRAS VEGANAS

Assim que sai do Empório Mais Verde, em dezembro de 2017, pensei em gravar este vídeo. Minha empolgação foi tanta diante daquela compra vegana com produtos tão diferentes que eu logo desejei compartilhei essas descobertas por aqui. Acontece que gravar vídeos não uma tarefa fácil, ao menos, não para mim. Preciso de silêncio, luz, disposição, […]

Leia mais







15 Janeiro, 2018

Esse post é para você que, assim como eu, se vê – no meu caso, se via – em uma faculdade onde não se identifica com as pessoas, as matérias e o mercado de trabalho. Você está indo para aquele ambiente acadêmico de segunda à sexta-feira – às vezes, aos sábados – com uma sensação de peso nos ombros, com a certeza de que seguir aquela carreira te fará uma pessoa infeliz. O que fazer, então? Desistir da faculdade ou não?

DESISTIR DA FACULDADE OU NÃO

Eu acredito que uns dos maiores erros começam com a pressão que um adolescente de dezessete anos tem para escolher uma profissão para o resto da vida. Ninguém está com as opiniões e ideais formados nesta idade. Você ainda está se descobrindo. É muito injusto ter a obrigação de saber com total certeza qual curso é o certo para você.

 

Mas mesmo que você não tenha feito essa escolha aos dezessete anos, como eu, é comum mudar de ideia no meio do caminho. Nós somos seres em constante evolução, então, o que parecia certo há dois anos, hoje, já não soa como o melhor caminho.

 

E está tudo bem

 

Essa é a primeira parte: entender que não há nada de errado em querer desistir da faculdade. É mais comum do que se imagina. Na minha sala no curso de jornalismo, por exemplo, um dos meus colegas estava na quarta faculdade. Pois é. E está tudo bem.

 

Um diploma não define quem você é. Ele te ajuda em muitas coisas, é verdade, mas adiá-lo por alguns anos não vai tornar a sua vida um fracasso, como alguns te fazem acreditar.

 

Aceite esse sentimento. Aceite que você mudou. Aceite suas novas ideias e vontades. Aceite a pessoa que você está se tornando. E aceite a sua intuição.

 

Por um tempo, eu me culpei por querer desistir da faculdade. Como assim jornalismo não é mais o sonho? Por que eu não me encaixo nesse lugar? O que aconteceu com aquela Luana? Eu te respondo: aquela Luana mudou, aquela Luana idealizava uma profissão que, na realidade, não tinha nada a ver com o que eu sonhava.

 

A partir do momento que você entende que está tudo bem, a vida parece mais leve. Ignore por um tempo as opiniões alheias, a pressão da sociedade e do próprio meio acadêmico. Olhe para dentro de si e vamos para o próximo passo.

 

Entenda os seus motivos para desistir da faculdade

 

Aqui temos um ponto importante. A faculdade pode ser bem opressiva. São cinco textos de cinquenta páginas cada por semana, uma única prova para demonstrar todo seu conhecimento em um semestre, professores egocêntricos, disputas para ver quem tem as melhores referências, trabalhos em grupo desgastantes, seminários apavorantes e outras situações que só um graduando vai entender.

 

Quantas vezes eu me vi de cabelo em pé por causa da faculdade? Passei noites em claro, chorei, fiquei ansiosa, briguei com as minhas amigas e a minha namorada, me senti inútil, incapaz, não pertencente, entre tantos outros sentimentos ruins.

 

E, aí, entra a questão: será que você não quer desistir da faculdade por todos esses problemas? Pela pressão por uma nota na média, prazos loucos e a disputa constante de ego? Será que não é a faculdade em si o seu problema, não o curso?

 

Se você resolver desistir da faculdade agora, na próxima você encontrará os mesmos problemas burocráticos e falhas no modo de ensino das instituições por aqui. É assim que funciona por enquanto. Um grande professor meu, lá no primeiro ano da faculdade, que me deixou um pouco louca com teoria da comunicação, confesso, disse o seguinte: não deixe que a faculdade atrapalhe os seus estudos.

 

Descubra se esse não é o seu problema. Pare um pouco e pense se você ainda se vê naquela carreira, se você gosta das matérias e se ainda há identificação. Quando a resposta for sim, a solução é encontrar maneiras criativas de lidar com a opressão da faculdade.

 

Participe de um grupo que te dará oportunidades de levantar discussões, como o centro acadêmico ou coletivos feministas, faça um amuleto, comece terapia, desabafe com sua melhor amiga, o que deixar a sua mente mais leve está valendo.

 

Lembre, sempre, sempre, sempre – sempre mesmo – que uma nota qualquer no seu boletim não diz o quanto você é capaz. É só uma nota. É só uma prova. Nenhum sistema de avaliação define o seu valor. Ponto final.

 

CONTINUE LENDO ♥


TAGS:
DESISTIR DA FACULDADE OU NÃO

Esse post é para você que, assim como eu, se vê – no meu caso, se via – em uma faculdade onde não se identifica com as pessoas, as matérias e o mercado de trabalho. Você está indo para aquele ambiente acadêmico de segunda à sexta-feira – às vezes, aos sábados – com uma sensação de […]

Leia mais









Veja o que acontece por aí