DESCOMPLICANDO O VEGANISMO
RECEITAS VEGANAS
Transição para o veganismo


23 janeiro, 2018

Esses dias uma florzinha veio falar comigo no instagram e sugeriu que eu fizesse um vídeo sobre os meus cuidados veganos com a pele. A sugestão foi anotada, mas decidi fazer esse post como um complemento, para ajudar quem está a procura de lojas de cosméticos veganos e naturais.

COSMÉTICOS VEGANOS E NATURAIS

Pode parecer difícil encontrar cosméticos veganos de qualidade ou por um preço acessível, mas existem muitas lojinhas de mulheres empreendedoras escondidas pelo instagram. E cá estou eu para te apresentar algumas delas. 

 

Antes, quero te lembrar em cinco motivos simples o porquê de ser tão importante optar por cosméticos veganos e naturais:

 

Por que usar cosméticos veganos e naturais?

 

➳ A pele é o maior órgão do nosso corpo, não pense que aquilo o que você coloca nela fica apenas na superfície. Tudo entra. Tudo é absorvido de alguma forma. Então, ao invés de escolher cosméticos com ingredientes sintéticos, alergênicos e contraditórios, por que não optar por aqueles com ingredientes feitos a partir de plantas, flores, sementes e outros elementos mais naturais?

 

➳ Ao comprar de quem faz ou empresas menores e artesanais, você está apoiando uma produção mais consciente e sustentável.

 

➳ Optar pelo veganismo é sempre a escolha mais ética. Cosméticos sem testes em animais e livres de ingredientes de origem animal são cosméticos sem crueldade, com mais compaixão e em harmonia com o meio ambiente. Você não precisa cuidar de si causando sofrimento à outra vida.

 

➳ Além de benefícios para o seu corpo, cosméticos veganos e naturais são amigos do meio ambiente. Nenhum derivado de petróleo, conservantes ou plástico irá voltar para a natureza poluindo e prejudicando a flora e a fauna.

 

➳ Saber o que está comprando significa ter o poder nas mãos para fazer a escolha certa e mais segura. Comprando cosméticos veganos e naturais de pequenas marcas, você consegue tirar suas dúvidas e entender a origem do produto. Diferente de passar pela prateleira do mercado e pegar o primeiro produto com a promessa mais impactante, ao optar por cosméticos naturais você sabe para onde está indo o seu dinheiro e o que tem dentro daquele potinho. Não é um mistério ler a lista de ingredientes. E, no fim do dia, você não é apenas aquilo o que você sabe sobre o que come, você é aquilo o que sabe sobre o que veste, o que usa, o que compra…  

 

RECADO IMPORTANTE: lembre-se que os cuidados devem vir de dentro para fora. Então, tudo começa com a sua alimentação e estado de espírito. Mantenha a calma, respire fundo, beba água e coma muitas frutas e vegetais. Sua pele agradece 🌱

 

Agora que você entendeu a importância de valorizar cosméticos veganos e naturais, vamos às lojas, onde você encontrará esse tipo de produto.  Ah, isso não é um publieditorial, é só uma dica de amiga que quer ver a sua pele linda, brilhando e sem precisar de ingrediente tóxico!

 

5 lojas de cosméticos veganos e naturais ❤

 

Be.or

COSMÉTICOS VEGANOS E NATURAIS - BE.OR 2

Conheci a Be.or graças aos produtinhos de aromaterapia e, desde então, esse item está na minha lista de desejos. É um blend de óleos para usar e se livrar da dor de cabeça sem precisar da Neusa ou, então, dormir bem como a princesa que você é.

 

Tanto o conceito quanto a estética da marca são incríveis (só olhar as duas primeiras fotos desse post!), além de que os preços são bem justos. Vale a pena dar uma passeada pelo site da Be.or.

 

Quero muito: Kit Energizante e Rollon Dormir Bem

 

Unevie

COSMÉTICOS VEGANOS E NATURAIS - UNEVIE

Encontrei a Unevie passeando por feiras veganas em São Paulo e ela, inclusive, já deu o ar da graça por aqui em posts como o em busca de um rímel vegano. Hoje, eu uso o hidratante e tônico facial da marca. Em breve, volto para contar o que achei.

 

A Unevie tem desde sabonetes e hidratantes até xampu para pets, bálsamo de cutícula e desinfetante sanitário. Tudo para que você possa cuidar de você (e daquilo que está ao seu redor) da maneira mais natural e carinhosa o possível.

 

Quero muito: Perfume sólido.

 

COSMÉTICOS VEGANOS E NATURAIS - BE.OR 2

Esses dias uma florzinha veio falar comigo no instagram e sugeriu que eu fizesse um vídeo sobre os meus cuidados veganos com a pele. A sugestão foi anotada, mas decidi fazer esse post como um complemento, para ajudar quem está a procura de lojas de cosméticos veganos e naturais. Pode parecer difícil encontrar cosméticos veganos […]

Leia mais



TAGS:






15 dezembro, 2017

Quando passamos a questionar nossos hábitos, fica difícil parar. Você começa com a alimentação, pula para os seus comportamentos e chega em um dos pontos mais difíceis de mudar: a forma como você consome. Porque fazer compras conscientes não significa apenas escolher marcas que pregam pelo slow fashion. Seu consumo não está relacionado apenas ao seu armário, mas, sim, a todas as vezes em que você coloca algo no carrinho virtual, escolhe só mais uma peça de roupa ou passa o cartão de crédito.

COMPRAS CONSCIENTES

Nós conversamos um pouquinho mais sobre consumo consciente no post em que te apresentei a Universo Violeta. Aliás, está rolando um sorteio bem legal em parceria com a loja, para participar é só clicar aqui. Lá, falamos sobre o movimento compre de quem faz, upcycling e outros conceitos envolvendo o ato de comprar de uma maneira mais equilibrada e ética. 

 

Decidi estender o assunto e fazer esse vídeo com uma lista de 5 perguntas para fazer compras conscientes. 5 pontos que devo levar consideração antes de escolher uma loja ou produto. São perguntas que irão me ajudar a fazer escolhas que conversam com os meus ideais, que irão me ajudar a apoiar marcar que combinam com o que eu acredito. Olha só:

 

5 perguntas para fazer compras conscientes

 

 

Como falei no vídeo, repito: não, eu não sou a pessoa mais consciente do mundo. Não, eu não faço compras apenas em lugares 100% conscientes. Não, eu não estou dizendo que não sou consumista.

 

Eu só estou compartilhando o começo de uma mudança de hábitos. Afinal, quando você percebe os impactos positivos ou negativos que as suas escolhas têm, fica difícil ignorar e continuar com os mesmos padrões de comportamento, muitas vezes tóxicos para você e para o meio ambiente.

 

O fato de eu querer consumir de uma forma mais consciente não significa que eu não irei falhar algumas vezes. Faz parte do processo de evolução errar, reconhecer esses erros e construir estratégias para que isso não aconteça outra vez. No fim do dia, ou no fim da fatura do cartão, é tudo sobre se tornar a pessoa que você deseja ser. Eu quero ser alguém que deixa um impacto mais positivo do que negativo. E vocês? 

 

Quais são os seus critérios na hora de escolher uma marca? O que pensam antes de comprar um produto? Compartilhem comigo! 😊

 

❤ Outros posts que você pode gostar ❤

 

Marcas de maquiagem 100% veganas

Uma carteira vegana para chamar de sua

➳ Protetor solar vegano para pele oleosa

Como saber se um produto é vegano?

➳ Receitas segunda sem carne

Presentes feministas para empoderar as minas

➳ Tour por um mercado super natureba

 

Vem passear na categoria Experiências ❤

Também estou aqui: 

Instagram l Facebook l Twitter l Pinterest l Youtube

Quando passamos a questionar nossos hábitos, fica difícil parar. Você começa com a alimentação, pula para os seus comportamentos e chega em um dos pontos mais difíceis de mudar: a forma como você consome. Porque fazer compras conscientes não significa apenas escolher marcas que pregam pelo slow fashion. Seu consumo não está relacionado apenas ao […]

Leia mais



TAGS:






14 dezembro, 2017

Em 2016, eu me propus um desafio: não comprar roupas durante um ano. Vocês viram, ao decorrer de 2017, como o resultado foi positivo e me fez (re)pensar muitos dos meus hábitos como consumidora. Eu entendi a pressão que existe para que a gente saia com mais sacolinhas da loja do que, realmente, precisamos e os problemas que disso surgem. Com isso, passei a valorizar muito mais marcas conscientes, preocupadas com o meio ambiente e com propostas diferentes dessas fastblablabla que, em diversos casos, têm muita sujeira por baixo do nome.

 

Tudo o que compramos tem um impacto, positivo ou negativo. Não é apenas uma blusinha ou um anel. É o trabalho escravo envolvido na produção em massa, é o uso demasiado de plástico, a falta de preocupação com o descarte adequado, práticas antiéticas, uso de materiais de origem animal, entre uma série de outros detalhes que envolvem desde a criação do produto até ele chegar no seu armário.

 

E, então, que tipo de marca você deseja apoiar?

 

Compre de quem faz

Uma das coisas mais legais que descobri este ano foram os grupos do Compre de Quem Faz. Eu não nunca tinha parado para pensar em como havia diferença entre comprar um objeto de decoração na Imaginarium e outro feito por uma mãe em casa. Um ovo de páscoa no Walmart ou um ovo feito por uma mulher que acabou de perder o emprego.

 

Comprar de quem faz significa que você sabe da onde vem aquele produto, quem o fez e, principalmente, como. Sabe que o produto não foi produzido à base de exploração. Significa se posicionar contra grandes corporações e os estragos que elas têm causado ao meio ambiente, além de apoiar mulheres a conquistarem independência financeira e o sonho de pequenos empreendedores.

 

Consumo consciente, produção slow e sustentável

Quando você escolhe comprar de quem faz, consequentemente, está apoiando uma produção slow e mais sustentável. Falar slow pode até parecer um termo hype de quem usa camisa de flanela e croppeds de crochê. Mas as marcas que apostam nesse estilo são mais humanizadas. Tem estilo, personalidade, consciência e amor. Amor pelo que fazem e amor, principalmente, pelo planeta que é impactado diretamente pelas nossas escolhas, sem ter direito à resposta.

 

O movimento slow te incentiva a desacelerar, a buscar conexão com as coisas ao nosso redor e combater o imediatismo. Isso se manifesta no ato de consumir menos e consumir com responsabilidade. Essa ideia não se aplica somente à moda ou alimentação, como se vê por aí, mas, sim, a qualquer forma de produção.

 

E como uma marca pode fazer isso? Escolhendo materiais justos, recicláveis e veganos, com menos impacto ambiental, reaproveitando ao máximo o que for possível, tendo autenticidade, produzindo em menor escala e proporcionando, assim, um produto durável ao invés de itens que precisarão ser substituídos em meses e se tornarão lixo.

 

Uma das maneiras de colocar essa produção consciente em prática é por meio do upcycling, que é o ato de ressignificar algo que não tinha mais valor. Diferente da reciclagem, no upcycling, você utiliza aquilo o que se tornaria lixo, sem a necessidade de intervenções químicas. Com isso, você reduz o consumo de novas matérias primas, além da poluição de ar, água e outros recursos.

 

Universo Violeta: a marca de acessórios consciente

CONSUMO CONSCIENTE - UNIVERSO VIOLETA

Recentemente, eu conheci a Universo Violeta, que se encaixa em todas as ideias que conversamos até agora. O que mais me surpreendeu foi o fato de uma loja de acessórios mostrar essa preocupação com os seus produtos e a forma como eles são criados.

 

Isso é a prova de que podemos fazer escolhas mais positivas e responsáveis em qualquer área, para qualquer item. Basta questionar os nossos hábitos velhos e insustentáveis para descobrir um universo novo de marcas conscientes.

 

A Fernanda, idealizadora da marca, entrou em contato comigo e, agora, a Universo Violeta é a nova parceira do blog, uhul (vai ter sorteio em breve!). As peças são extremamente delicadas, com uma aura toda mágica que eu amo.

 

Aproveitei para fazer algumas perguntinhas para Fe sobre a marca e esses conceitos de produção slow e sustentável.

 

Em 2016, eu me propus um desafio: não comprar roupas durante um ano. Vocês viram, ao decorrer de 2017, como o resultado foi positivo e me fez (re)pensar muitos dos meus hábitos como consumidora. Eu entendi a pressão que existe para que a gente saia com mais sacolinhas da loja do que, realmente, precisamos e […]

Leia mais



TAGS:








NÃO PERCA AS NOVIDADES, CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER!