2 dezembro, 2017

Nós já falamos muito de Stephen King por aqui, é verdade. Mas nem só de livros de terror e sereias se faz uma boa estante. Decidi, então, compartilhar com vocês algumas das minhas leituras dos últimos meses que nada tem a ver com ficção ou fantasia e, sim, com o nosso papel nesse mundo, nossa essência.

LIVROS PARA MUDAR DE VIDA

Não sou prima de Buda ou guru Zen à la Juliana Goes. Longe disso. Mas desde a minha transição para o veganismo eu me pego pensando sobre o meu propósito e repensando outras atitudes que vão muito além da alimentação. Porque eu me recuso a acreditar que a vida acaba no ciclo trabalho-casa-faculdade-bar. Nós somos complexos demais para deixar que o tempo passe sem olhar para dentro de nós mesmos.

 

Uma vez, em uma entrevista, uma mulher comentou sobre como, atualmente, não conseguimos passar nem cinco minutos sozinhos com os nossos próprios pensamentos. Precisamos sempre de uma distração para abafar os sons dentro da nossa cabeça. E, assim, a gente nunca pensa sobre o que nos incomoda, o que nos motiva, o que podemos melhorar, o que nos faz ser quem somos.

 

De fato, quando esses assuntos surgiram na minha vida, eu realmente me sentia culpada, sufocada, despreparada. Afinal, você está se colocando contra a parede, questionando tudo e todos, valores e crenças. Agora, talvez, você se pergunte: por que, então, continuar? Porque eu percebi que evoluir como pessoa é a nossa obrigação. Dói. Mas é melhor passar por essas turbulências e crises do que viver no automático. Porque, no fim, quando você se entende, quando você aprende, você preenche um vazio que, paradoxalmente, torna a vida mais leve, completa.

 

Ler, nesse caminho, me ajudou muito, já que as palavras sempre foram meu refúgio. Recorri, então, a indicações da Juliana Goes e da Fran Guarnieri, minhas gurus pessoais no que diz respeito à evolução pessoal. Comprei livros sobre budismo, com meditações diárias e até mesmo sobre produtividade. Já comentei sobre dois deles aqui, no post “livros para desintoxicar corpo e alma” e, hoje, trouxe mais três, com propostas totalmente diferentes.

 

 

Nós já falamos muito de Stephen King por aqui, é verdade. Mas nem só de livros de terror e sereias se faz uma boa estante. Decidi, então, compartilhar com vocês algumas das minhas leituras dos últimos meses que nada tem a ver com ficção ou fantasia e, sim, com o nosso papel nesse mundo, nossa […]

Leia mais



TAGS:






4 outubro, 2016

❤️ AVISOS DO AMOR ❤️

você pode me responder nos comentários, please?

 

1 – Você já me segue pelas redes sociais da vida? Sempre tem comentários sobre a vida no twitter, fotinhos do Frederico no instagram e dicas veganas no Facebook.

2 – Você sabia que os slides no topo do blog te redirecionam para posts?

3 – E se eu te dissesse que estou pensando em montar uma newsletter sobre veganismo com notícias, receitas, minhas experiências, o que você diria? 

 

Ok, pedidos e perguntas feitas, vamos ao tema deste post: terror/suspense. Quem me vê usando vestidos floridos pela rua de cabelo azul, mal imagina que eu amo uma história sangrenta, com assassinos e psicopatas. É, pois é. Por isso, fiz uma junção de três pequenas resenhas para quem, assim como eu, sempre busca primeiro pelas coisas que assustam e exalam tensão. Depois, quem sabe, um drama ou comédia, não é mesmo?

 

😵 FILME: A ÚLTIMA CASA DA RUA 😵

1 filme, 1 série e 1 livro de terror - a última casa da rua

Quando pensei nesse post, esse não era o filme escolhido, mas o assisti semana passada e decidi que precisava compartilhar minha surpresa. Primeiro, tem no Netflix. O que, para mim, é essencial, já que a minha internet não aguenta downloads grandes. Segundo, tem a Jennifer Lawrence e eu adoro essa mulher! Terceiro, que história sinistra.

 

Elissa (a Katniss, ops, Jennifer) e sua mãe se mudam para uma grande casa por um ótimo valor em uma nova cidade. Isso só foi possível porque o imóvel vizinho foi palco de um duplo assassinato. Elissa, nada impressionada, começa a se relacionar com o único sobrevivente da família morta (Dylan de Bates Motel ou Max Thieriot, como preferir), mas, é claro, conflitos vêm à tona e o final é uma montanha-russa com diversos loopings.

 

Eu sei que parece simples, que tem clássicos elementos de um suspense adolescente, o CEP mal assombrado, a jovem destemida, o vizinho enigmático, o grupo birrento da escola, enfim, realmente, o filme foi muito criticado. No entanto, eu me vi durante os 101 minutos tentando adivinhar o que aconteceria (é meu passatempo em filmes de suspense!) e não consegui. O final, de fato, me surpreendeu.

 

❤️ AVISOS DO AMOR ❤️ você pode me responder nos comentários, please?   1 – Você já me segue pelas redes sociais da vida? Sempre tem comentários sobre a vida no twitter, fotinhos do Frederico no instagram e dicas veganas no Facebook. 2 – Você sabia que os slides no topo do blog te redirecionam para posts? […]

Leia mais



TAGS:






26 abril, 2016

Livros para desintoxicar - Budismo e Crudivorismo

Não é novidade que eu amo falar, ler e pesquisar sobre alimentação. É a sementinha da pessoa que quer ser nutricionista, não tem jeito. Mas eu também gosto muito de tudo que envolve espiritualidade – sem religiosidade ocidental, please. Saquinhos de proteção, meditação, pedras, aromaterapia, carma… Adoro descobrir coisas novas sobre esse universo de iluminação, autoconhecimento e energias. E, nesse post, compartilharei com vocês dois livros que me ajudaram e me inspiraram muito nesses dois tópicos: o Alimentação Desintoxicante, da Conceição Trucom, e A Essência de Buda, do Ryuho Okawa.

 

♥ A ESSÊNCIA DE BUDA ♥

 

Meu interesse pelo Budismo é antigo, desde que a igreja evangélica parou de fazer sentido para mim. Vi ali um caminho interessante a se trilhar, mas, ainda assim, não me considero budista ou seja lá o que for. Somente acrescento ao meu dia a dia aquilo o que acho relevante, que pode fazer diferença e somar coisas boas.

Livros para desintoxicar - A Essência de Buda

Comprei aleatoriamente esse livro, sem nem sequer pesquisar antes. Apesar da capa ser meio bleh, achei ele completinho e de fácil compreensão. Os capítulos são curtinhos, por isso eu gostava de ler uns três toda noite antes de dormir. Tem muitos conceitos do budismo, é claro, porém mesmo que você não seja adepta dessa filosofia e religião, há muito o que absorver das palavras e ideias nas páginas. O livro vai além.

 

Não é novidade que eu amo falar, ler e pesquisar sobre alimentação. É a sementinha da pessoa que quer ser nutricionista, não tem jeito. Mas eu também gosto muito de tudo que envolve espiritualidade – sem religiosidade ocidental, please. Saquinhos de proteção, meditação, pedras, aromaterapia, carma… Adoro descobrir coisas novas sobre esse universo de iluminação, […]

Leia mais



TAGS:








NÃO PERCA AS NOVIDADES, CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER!