DESCOMPLICANDO O VEGANISMO
RECEITAS VEGANAS
Transição para o veganismo


26 janeiro, 2018

O post com 6 blogs feministas para entender e começar no movimento é um dos mais vistos do Entre Anas. E que felicidade! Enche meu coração de amor saber que cada vez mais mulheres estão procurando informações, se empoderando e fortalecendo essa rede.

CANAIS FEMINISTAS THINK OLGA

Feminismo não é fácil. Incomoda enxergar comportamentos machistas nos seus amigos, família, na faculdade ou no trabalho. A nossa tendência é preferir o comodismo, fechar os olhos e se manter na zona de conforto. O feminismo, porém, te sacode, te faz abrir os olhos para problemas que, até então, passavam despercebidos. E não só sobre comportamentos alheios, mas também sobre o que você fala, o que você pensa, o que você acredita.

 

Eu penso que existe uma Luana antes e depois do feminismo. A transição não é fácil, assim como qualquer mudança de hábito e crenças. É um caminho de autoconhecimento e baldes de água fria. Mas cada minuto dessa caminhada vale a pena. Porque a mulher que você se torna depois do feminismo é uma mulher mais forte, mais segura, mais confiante, mais ela mesma.

 

Então, para completar aquele post com os 6 blogs que me ajudaram no início dessa jornada, cá estou eu para te apresentar cinco canais feministas. É para assistir no horário de almoço, tirar dúvidas, se atualizar, rir um pouco e se sentir abraçada ao lembrar de que você não está sozinha.

 

5 canais feministas para amar

Louie Ponto

CANAIS FEMINISTAS LOUIE PONTO

Aposto que Louie Ponto é a crush de toda lésbica feminista – admito que é a minha. Louie é uma fofura, didática, com uma voz calma e sempre traz assuntos importantes para o canal. Por lá, ela conversa sobre gênero, sexualidade, feminismo, gatos, filmes, entre outras coisas que te farão pensar e se encantar por essa mulher.

 

Não deixe de ver: Solteira sim, sozinha também e Mexeu com uma, mexeu com todas

 

Afros e Afins

Eu gosto como a Nataly em toda a sua beleza e delicadeza sempre nos dá uns tapas na cara com seus vídeos. Ela me trouxe uma perspectiva nova sobre o feminismo, que me ajudou a sair da bolha. Além disso, os vídeos sobre autonomia da mulher negra e moda consciente são ótimos.

 

Não deixe de ver: Apropriação cultura existe? Pode branca de turbante? e Colorismo, ser negro e os 3 mitos da mulher negra

 

Jana Viscardi

Eu caí no canal da Jana pesquisando reações ao clipe de Vai Malandra. Pois é. Apesar de não ser exatamente um canal feminista, a Jana tem uma visão sensata sobre o assunto – e sobre outras coisas cotidianas. É muito fácil de assistir aos vídeos, a linguagem e as ideias fluem, saindo dos clichês e te colocando para refletir.

 

Não deixe de ver: Vai Malandra, Anitta e contradições da vida e Não pode mais chamar de princesa?

 

Olivia do Olivices

CANAIS FEMINISTAS - OLIVIE OLIVICES 2

Descobri a lindeza da Olivia nos canais relacionados da Jana e, igualmente, me deparei com o tipo de vídeo que você pode perder – ou ganhar? – horas assistindo sem problemas. Assistir a Olivia é como tomar café uma amiga e conversar sobre os problemas do nosso dia a dia que só outra mulher seria capaz de entender.

 

Não deixe de ver: Macho solicita nudes e Perdoa, não

 

Think Olga

CANAIS FEMINISTAS - THINK OLGA

O Think Olga apareceu no post com indicações dos blogs, mas também merece estar por aqui. Gosto dos vídeos porque eles têm uma pegada diferente dos canais feministas de vlog. O Think Olga aborda feminismo de uma forma mais televisiva, eu diria. Tem quadros como o “pergunte a ela”, “elas abraçam” ou o “yes, we cat” com entrevistas muito legais.

 

Não deixe de ver: YES WE CAT: maternidade com mãe solo e Hel Mother e Pergunte a ela: como criar um ambiente de trabalho acolhedor para mulheres?

 

Menções honrosas: Jout Jout e Clarinha!

A montagem do início é da Jordana Andrade, usada na capa do facebook do Think Olga!

 

Esses são alguns dos meus canais feministas ou que falam sobre feminismo favoritos. Existem muitas outras mulheres falando sobre mulheres para mulheres no youtube, essa lista é só um começo. Compartilha comigo seu canal favorito ou algum vídeo sobre feminismo que mudou a sua visão de mundo! ❤

 

Espero que esses canais feministas te ajudem a se aproximar do feminismo e, assim, encontrar a força que você tem aí dentro para se libertar das amarras que te impedem de ser dona de si e  se tornar a mulher dos seus sonhos.

 

Muita força e muita luz, mulher.

 

❤ Outros posts que você pode gostar ❤

 

➳ 7 vezes que o feminismo me ajudou

Verdades que ninguém te conta sobre o feminismo

Fiscal da militância alheia e hierarquia no feminismo

Como fazer a diferença e não ser um babaca

Presentes feministas

Pare de perceber o erro

Homem no meu feminismo? Não, obrigada

Perfis veganos para acompanhar no instagram

 

Vem passear na categoria feminismo ❤

Também estou aqui: 

Instagram l Facebook l Twitter l Pinterest l Youtube

CANAIS FEMINISTAS THINK OLGA

O post com 6 blogs feministas para entender e começar no movimento é um dos mais vistos do Entre Anas. E que felicidade! Enche meu coração de amor saber que cada vez mais mulheres estão procurando informações, se empoderando e fortalecendo essa rede. Feminismo não é fácil. Incomoda enxergar comportamentos machistas nos seus amigos, família, […]

Leia mais



TAGS:






14 fevereiro, 2016

Se tem uma coisa que eu aprendi, é que o feminismo nunca se esgota. Sempre é possível conhecer, entender e problematizar algo novo. Sempre tem uma coisinha para desconstruir. E isso não é ruim. Pelo contrário, significa que estamos sempre melhorando o nosso olhar, abrindo nossa mente, nos empoderando e empoderando outras minas (vem ver como ter mais sororidade em 10 passos!).

Feminismo: por onde começar? - Blogs Feministas - Como começar no feminismo

Mas para quem dá os seus primeiros passos no feminismo, tantas discussões, temas, nomenclaturas e dados pode parecer um pouco confuso. Eu comecei me aventurando, principalmente, pelo facebook – como com o grupo Coletivo Chute e a página O Machismo Nosso de Cada Dia. Fui aprendendo um pouquinho mais a cada semana, pesquisando, lendo e descobrindo um novo mundo que mudaria quem sou.

 

Imagine sair de uma estrutura machista e se deparar com tópicos que ninguém nunca te apresentou antes, como o feminismo negro, gordofobia, slut shaming, sororidade e aborto. Introduzir o feminismo na sua vida não é uma tarefa tão simples quanto parece. E, por isso, precisamos de apoio, não fiscais da militância alheia. Precisamos de informação. Precisamos de sites e blogs, como os que eu listei abaixo, para nos ajudar a enxergar a opressão e buscar liberdade!

 

Escritório Feminista: nomes incríveis como Djamila Ribeiro, Clara Averbuck e Aline Valek, compartilham suas opiniões e pensamentos feministas nesta seção da revista Carta Capital. Tudo sempre bem explicadinho, com temas atuais e textos fáceis de ler!

 

Não deixe de ler: FAQ Feminista.

 

Think Olga: berço de campanhas como o Chega de Fiu Fiu contra o assédio e o Entrevista Uma Mulher – recentemente, também o Entreviste Um Negro – que incentiva a fala das mulheres como fontes na mídia. Além destas, tem o Aurélia, um dicionário online para nos lembrar das mulheres que marcaram história e ajudaram e ajudam na nossa emancipação! E, é claro, também é possível encontrar no blog textos com questionamentos importantes.

 

Não deixe de ler: Não lhe devemos candura.

Se tem uma coisa que eu aprendi, é que o feminismo nunca se esgota. Sempre é possível conhecer, entender e problematizar algo novo. Sempre tem uma coisinha para desconstruir. E isso não é ruim. Pelo contrário, significa que estamos sempre melhorando o nosso olhar, abrindo nossa mente, nos empoderando e empoderando outras minas (vem ver […]

Leia mais



TAGS:








NÃO PERCA AS NOVIDADES, CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER!