2 março, 2017

Não sou uma pessoa do carnaval. Não gosto de multidões bêbadas, gritando e poluindo o ar, a rua, o mar com seus quilos de glitter. Até aprecio uma boa fantasia, mas longe de mim ser amassada, assediada e passar calor em bloquinhos em que mal consigo ouvir as músicas. Tudo isso para dizer que, na semana do carnaval, eu tento ao máximo me afastar das concentrações de folia. Como uma das minhas metas para 2017 é viajar o máximo que der, eu e minha namorada decidimos passar um dia em Campos do Jordão, nada a ver com carnaval, São Paulo, calor, bloquinhos, amém. E, sim, muito chocolate (que me frustrou, mas daqui a pouco explico o porquê), casas fofinhas e flores.

UM DIA EM CAMPOS DO JORDÃO - ENTRADA

Nós fomos com a Alternativo, uma agência de viagem independente. Não pesquisei outras, porque uma das minhas amigas do técnico (já contei como é ser vegana cursando nutrição aqui!) foi na mesma mini viagem e adorou. Confiei na experiência dela e fechei para o dia 25 de fevereiro. O valor total foi 125 para cada, com ida e volta, passeios e almoço. Mas pelo que olhei por cima, os valores são todos parecidos nesses bate e volta para Campos.

 

Gostei muito da Alternativo, eles são super pontuais e atenciosos. Chegamos atrasados graças ao carnaval (pois é), mas o restante deu tudo certo. Eles combinaram de sair 6h30 da Barra Funda e 6h31 nós estávamos saindo. Teve sorteios no decorrer do dia, o Nathan, nosso guia, era ótimo, eles tentaram resolver os problemas que apareceram prontamente e não tiravam o sorriso do rosto. Ah, uma coisa  importante é que eu me senti bem segura no ônibus, algo que, normalmente, não acontece, já que tenho pavor de estrada. O motorista contratado, porém, era cuidadoso, não correu, não fez coisas loucas e eu consegui dormir 80% do caminho, de quase 3h30. Recomendo.

 

Manhã na Suíça Brasileira

 

Nossa primeira parada foi na Ducha de Prata, um dos pontos turísticos mais conhecidos. São algumas duchas artificiais no meio da natureza, com águas do represamento Ribeirão das Perdizes. Normalmente, se pode tomar um banho nas plataformas de madeira, mas no dia em que fomos essa parte estava em reforma, além do frio, vamos combinar. É um lugar bem gostoso para ouvir o barulhinho da água, sentir o cheiro da natureza e tirar uma fotos.

UM DIA EM CAMPOS DO JORDÃO - DUCHA DE PRATA 3 UM DIA EM CAMPOS DO JORDÃO - DUCHA DE PRATA 4 UM DIA EM CAMPOS DO JORDÃO - DUCHA DE PRATA 2 UM DIA EM CAMPOS DO JORDÃO - DUCHA DE PRATA

Dica: o banheiro do estacionamento é pago, enquanto um atrás das lojinhas é gratuito. Essas lojinhas também costumam ser mais caras que as do centro, pois isso espere um pouquinho antes de levar um souvenir para casa.

 

Subindo e descendo da Ducha de Prata, passamos pelo Alto das Mansões, bairros distantes e cheios de casas luxuosas. Tem casa de 10 milhões de reais, da Christiane Torloni com uma mini mansão para o cachorro e até do Bispo Edir Macedo. É lindo de ser, assustador de se pensar o quando algumas pessoas tem muito, mas muito dinheiro.

 

CONTINUE LENDO ♥

UM DIA EM CAMPOS DO JORDÃO - TRILHOS

Não sou uma pessoa do carnaval. Não gosto de multidões bêbadas, gritando e poluindo o ar, a rua, o mar com seus quilos de glitter. Até aprecio uma boa fantasia, mas longe de mim ser amassada, assediada e passar calor em bloquinhos em que mal consigo ouvir as músicas. Tudo isso para dizer que, na […]

Leia mais



TAGS:






26 outubro, 2016

Minha namorada esses dias me perguntou qual era o meu lugar preferido no mundo e, sem sombra de dúvidas, Orlando está na listinha – talvez, até no primeiro lugar. Só de lembrar das minhas viagens para lá, sinto o coração quentinho, sabe? Eu amo o cheiro, as cores, a vibração, a vida naquele lugar. Mas se engana quem pensa que só de Disney se faz uma Orlando. A cidade e seus arredores têm muito mais para ser explorado (e amado!).

 

Nesse post, reuni cinco desses lugares que visitei para você ir além caso esteja planejando uma viagem a Orlando. É claro, os parques valem muito a pena, é onde está a magia, mas sair um pouquinho do clichê também faz bem. Vamos nessa?

 

💚 CELEBRATION 💚

lugares_diferentes_em_orlando_celebration_3

Começando pela minha queridinha. Desde que coloquei os pés nessa cidade de boneca, quis ficar por lá para sempre. Apesar de parecer mais uma comunidade, Celebration tem infraestrutura de cidade, com escola, hospital, mercado, banco, igrejas, etc. Ela é o resultado de um dos sonhos do Walt Disney: uma cidade modelo onde os funcionários pudessem morar. De futurista e acessível ela não tem nada, mas ainda é um bom lugar para passar uma tarde calma, com muito verde e se sentindo em um cenário cinematográfico.

 

A Disney Company, hoje, se afastou da administração do lugar, mas sua estrutura de organização impecável permanece. A cidade leva tão a sério a beleza de suas ruas que os proprietários devem seguir algumas regras, como, por exemplo, não deixar a grama crescer e não pintar a fachada de suas casas de determinadas cores. Pretty hurts, não é mesmo? É um lugar super privilegiado, com aproximadamente 9 mil moradores – e a mansão de férias do Silvio Santos.

 

Quando conheci e me apaixonei por Celebration, era época de natal e um dos meus arrependimentos foi não ter ficado até à noite para ver as decorações, provavelmente, incríveis das casas. Natal nos EUA é para levar a sério, minha gente! Ai, que saudade da Mariah Carey cantando All I Want For Christmas Is You por aí nas ruas. Além disso, na praça principal, há uma pista de patinação e neve falsa para as crianças – e adultos, por que não?

 

Celebration, porém, é um lugar para ver, não para comprar. É bom ir, procurar um lugar para almoçar (o Panera Bread tem opções veganas e o Thai Thani é vegetarian friendly), passear na orla do lago, dentro da cidade para ver as casas e tirar, é claro, muitas fotos.

 

Se eu pudesse escolher agora um lugar para morar e passar o resto da vida, seria Celebration. Alguém aí tem uma lâmpada mágica? Alguém?

lugares_diferentes_em_orlando_celebration_2lugares_diferentes_em_orlando_celebration

lugares_diferentes_em_orlando_celebration_4lugares_diferentes_em_orlando_celebration_5

CONTINUE LENDO ♥

lugares_diferentes_em_orlando_museu_de_cera

Minha namorada esses dias me perguntou qual era o meu lugar preferido no mundo e, sem sombra de dúvidas, Orlando está na listinha – talvez, até no primeiro lugar. Só de lembrar das minhas viagens para lá, sinto o coração quentinho, sabe? Eu amo o cheiro, as cores, a vibração, a vida naquele lugar. Mas […]

Leia mais



TAGS:






12 fevereiro, 2016

No meio do ano passado, eu comecei a me interessar muito por um estilo de vida mais natural e saudável. Esse interesse, somado a pesquisa e uma dieta vegetariana, resultou em uma completa reformulação dos meus cuidados com o cabelo e a pele. Hoje, todos os meus cosméticos são cruelty free, menos agressivos ao meio ambiente e a maioria é vegano.

 

Enquanto me aprofundava no assunto, conheci muitos canais incríveis no youtube e um deles foi a BananaBlondie108. Foi por ela que eu conheci o Whole Foods. Em um vídeo de perguntas e respostas, ela conta que compra o seu xampu e desodorante veganos preferidos nesse mercado. Como ia viajar para os EUA em dezembro e estava nessa vibe mais natural, aproveitei para conhecer o tal Whole Foods. E, olha, é maravilhoso!

Tour pelo Whole foods, o mercado natural, orgânico e vegano

Imagine um mercado com frutas, legumes e verduras orgânicas, petiscos para crudívoros, uma seção só de itens veganos, sem salgadinhos e refrigerantes convencionais, cosméticos naturebas e ainda uma parte de self service com comidas saudáveis e deliciosas. O Whole Foods é totalmente diferente dos mercados convencionais. Tudo que está nas prateleiras, ou, ao menos grande parte, é pensado em prol do meio ambiente e o, principal, da sua saúde.

 

Eu aproveitei e filmei um pequeno tour por lá. Tinha que compartilhar essa descoberta maravilhosa!

 

 

PREÇOS: 

Média de uma refeição por lá – US$ 9-15

Bolo de milho – US$ 1.24

Salgadinhos – US$ 3

Nuts – US$ 3-5

Cupcake vegano – US$ 2.50

Fig e Apple Bar – US$ 0.99

Amoras orgânicas – US$ 5.49

Framboesas – US$ 3.99

 

O que acharam? Já conheciam esse mercado? Se você está indo viajar para os EUA, Whole Foods é parada obrigatória. Vale muito a pena! Eu voltei totalmente apaixonada e cruzando os dedos para abrir uma unidade em São Paulo (sonha!).

 

Quer continuar vendo as minhas descobertas saudáveis? É só me seguir no instagram! ♥

Tour pelo Whole foods mercado natural, orgânico e vegano

No meio do ano passado, eu comecei a me interessar muito por um estilo de vida mais natural e saudável. Esse interesse, somado a pesquisa e uma dieta vegetariana, resultou em uma completa reformulação dos meus cuidados com o cabelo e a pele. Hoje, todos os meus cosméticos são cruelty free, menos agressivos ao meio ambiente […]

Leia mais



TAGS:










Veja o que acontece por aí