• Pinceis favoritos para pele da Macrilan – Corretivo, base, blush SLIDE
  • simple-responsive-slide-disney


31 dezembro, 2017

2017 acabou. Posso ouvir um amém? Dezembro diz adeus e meu primeiro mês com posts todos os dias igualmente. Esse último post é quase como uma retrospectiva, o meu tchau, 2017. E um olá a todas as surpresas, conquistas, problemas, dores de cabeça e sorrisos que 2018 me reserva.

 

Começando com a contagem regressiva que eu fiz lá no instagram, mostrando os meus melhores momentos de 2017, um ano, aparentemente, tão conturbado. Quando eu parei, porém, para pensar e buscar os bons momentos no rolo da minha câmera notei o quanto uma das minhas frases favoritas faz sentido: é um dia ruim, não uma vida ruim.

 

Os meus melhores momentos de 2017 ❤

Janeiro ➳ Ir à praia com pessoas tão queridas e ainda ver a Anitta de pertinho por R$10, em meio a chuva, pés sujos de lama, tatuagem recém feita e um copo de 1 litro de bebida perdido em vão.

 

Fevereiro ➳ Visitar Campos do Jordão com uma das minhas companhias favoritas da vida e me (re)encantar por essa cidade.

 

Março ➳ Dos rolês que a gente marca sem saber ao certo o motivo, mas é nesses dias que eu tenho a certeza que estou rodeada das melhores pessoas do universo. Vocês são minha família, minha vida ❤

 

Abril ➳ Começar as entrevistas para o TCC e estrear em grande estilo com o Carl Honoré (Carlinhos, nosso brother). Um dia para aprender o quanto é importante desacelerar.

Abril ➳ Ir à praia novamente com mais pessoas queridas e entender que, na verdade, eu nunca estive sozinha.

 

Maio ➳ Abraçar as meninas do Depois das Onze e ainda escutar a Gabie me desejar “boa sorte” com meu ruivo.

 

Maio ➳ Ouvir o Ed cantar Give Me Love pela segunda vez na vida.

 

Junho ➳ Ter a coragem de cortar o cabelo curtinho e me (re)descobrir mais forte.

Julho ➳ Itacaré. Um das viagens mais incríveis que fiz (e farei) na vida, com uma energia que não vou encontrar em nenhum outro lugar.

 

Agosto ➳ Esbarrar no caminho do senhor Genival, que me ensinou tanto sobre simplicidade e afeto. Espero que você esteja plantando bananeiras e espalhando felicidade onde estiver.

 

Setembro ➳ Passar um final de semana ao lado de pessoas maravilhosas em um sítio maravilhoso com uma piscina maravilhosa e comida, bebida e músicas maravilhosas.

 

Outubro ➳ Fazer 21 com direito à uma festa de sereia.

Novembro ➳ Ter a chance de ouvir a Dua Lipa cantar bem pertinho graças a essa pessoa teimosa, porém sensacional.

 

Dezembro ➳ Me formar como técnica em nutrição e jornalista.

 

2017 foi um ano de fechar ciclos e interromper alguns, mas só para poder reencontrá-los com outra perspectiva e muito mais amor e maturidade. 2017 não foi o que eu queria, mas talvez tenha sido o que eu precisava. Espero que tudo aquilo o que eu aprendi e vivi neste ano me tornem a pessoa que eu preciso ser para alcançar a vida que desejo ter.

 

Como eu comentei no vídeo comemorando o primeiro aninho do Entre Anas (esse ano não fiz nada, que vergonha!), o blog é o responsável por muitas das minhas mudanças e aprendizados. Principalmente neste mês, em que me propus algo totalmente novo, mas tão recompensador. Não em questão de número, mas porque percebi como realmente sou capaz se quero algo com todas as minhas forças. Como eu mesma me coloco limites desnecessários e como esse espaço é uma fonte de inspiração e amor. Como eu não posso nunca deixar de lado aquilo o que de fato me faz bem.

 

Então, vamos relembrar tudo o que rolou por aqui em dezembro?

 

Os melhores momentos do Entre Anas ❤

 

❤ ➳ Meus favoritos. 

🌱 ➳ Sobre veganismo. 

🎅🏽 ➳ Especial de natal. 

💫 ➳ Mais acessados. 

 

31 coisas em 31 dias 

Livros para mudar de vida ❤

Lista de produtos para uma maquiagem vegana de natal 🎅🏽

10 dicas para reduzir o lixo no dia a dia 

Substituições veganas: alimentos vegetais fontes de cálcio 🌱

Rodízio japonês vegano: minhas impressões sobre o sushimar 🌱

Transforme seu natal em 6 atitudes🎅🏽❤

Famílias veganas para acompanhar 🌱

Onde encontrar chocotone e panetone vegano em São Paulo?🌱

Substituições veganas: fontes de ferro vegetal🌱

Presentes feministas para empoderar as minas nesse natal🎅🏽💫 

Como sobreviver ao natal (e não ser um babaca!)🎅🏽💫 

Uma carteira vegana para chamar de sua🌱

Consumo consciente de acessórios + SORTEIO❤

5 perguntas para fazer compras conscientes❤

10 filmes natalinos🎅🏽

Sobre magia e saudade da Disney

Sorvete vegano da Dona Nuvem🌱

15 motivos para assistir Extraordinário💫 

Substituições veganas: fontes de proteína vegetal🌱

Wishlist (ou presentes) menos lixo

O que eu comi hoje (vegano) parte 2🌱

Dicas de presente de natal de última hora🎅🏽

Para entrar no espírito natalino🎅🏽

Pavê de amendoim com chocolate vegano🌱🎅🏽

Doar sangue pela primeira vez, como funciona?❤💫 

Resenha corretivo Dona Orgânica, vegano e natural🌱

Pare de perceber o erro💫 

Substituições veganas: como substituir o ovo?🌱💫 

Veganismo em 2017: notícias que nos deixaram felizes!🌱

 

Eu nem acredito que, depois de passar tantos meses sem postar, eu consegui produzir conteúdo todos os dias, gravar vídeos, divulgar no facebook, postar no instagram, fechar uma parceria e reafirmar ainda mais a minha paixão por esse cantinho tão meu, tão nosso ❤

 

Meus favoritos de 2017 ❤

Não vai ser um favorito extenso, estilo recebidos da Karol Pinheiro, mas acho válido compartilhar por aqui músicas, lugares, séries, canais, entre outras coisas que fizeram meu 2017 mais colorido.

 

Músicas: de acordo com o spotify o artista que eu mais escutei foi o Edinho e a música que mais ouvi foi Run Up do Major Lazer (amoooo!). Mas quero listar outras cinco: Lost In Your Light – Dua Lipa, I Can Be Somebody – Deorro, Donwtown – Anitta, Nessas Horas – Matheus & Kauan e Aquecimento das Potrancas – MC WM. Eclética, eu diria. 

 

Filmes: das estreias de 2017, Homem Aranha – De volta ao lar, Extraordinário e O Rei do Show (amei muito!) têm meu coração. 

 

Séries: The Sinner, Dark e As Telefonistas. 

 

Canais e blogs: esse ano eu viciei ainda mais em famílias youtubers, então Living Rosa, Team 2 Moms e a Lia Camargo fizeram parte da minha rotina, todos os santos dias. Outras menções honrosas são a Luísa Ferrari e a Clarinha

 

Lugares: sigo viciada em Novos Veganos e, agora, descobri uma pizzaria vegana perto de casa, seria meu sonho? Mas se eu pudesse escolher um lugar para voltar agorinha, seria Itacaré. 

 

Aquisições: meu planner da Donna Dolce (que é pra ano que vem, mas eu vibrei muito quando chegou!), minha coroa de sereia da El Gato e, claro, minha tatuagem nova!

 

➳ Livro: O Iluminado, do Stephen King, e Doutor Sono, a continuação. Minha meta em 2018 é ler o máximo de livros do SK que eu puder. 

 

Acho que isso encerra o meu adeus a 2017.

 

Que 2018 seja ainda melhor, que a gente se reencontre, se surpreenda e entenda que novos desafios são oportunidades de aprendizado. Muita coragem, muita força, muita maturidade, muita intuição, muito amor, muita essência, muita luz em 2018 💫❤

 

Por mais que a gente meta os pés pelas mãos, que a gente chore, brigue com o mundo, o destino sempre dá um jeito de te fazer enxergar além. De consertar tudo aquilo que foi quebrado, de colocar no lugar tudo aquilo que te faz bem e levar embora tudo aquilo o que não te serve. A gente risca, mas o destino vem e rabisca. E lá na frente você irá entender que a vida faz muitas voltas e curvas, mas o destino sempre cuida de você, para que no seu caminho todo o mal se transforme em bem querer – Fernando Suhet.

 

❤ Outros posts que você pode gostar ❤

 

➳ 7 vezes que o feminismo me ajudou

Armadilha do ego

Não seja um one upper

Como fazer a diferença e não ser um babaca

Ei, se liga, você é um babaca com boas referências

Como ter sororidade em 10 passos

Vídeos que te fazem pensar

 

Vem passear na categoria Experiências ❤

Também estou aqui: 

Instagram l Facebook l Twitter l Pinterest l Youtube


2017 acabou. Posso ouvir um amém? Dezembro diz adeus e meu primeiro mês com posts todos os dias igualmente. Esse último post é quase como uma retrospectiva, o meu tchau, 2017. E um olá a todas as surpresas, conquistas, problemas, dores de cabeça e sorrisos que 2018 me reserva.

 

Começando com a contagem regressiva que eu fiz lá no instagram, mostrando os meus melhores momentos de 2017, um ano, aparentemente, tão conturbado. Quando eu parei, porém, para pensar e buscar os bons momentos no rolo da minha câmera notei o quanto uma das minhas frases favoritas faz sentido: é um dia ruim, não uma vida ruim.

 

Os meus melhores momentos de 2017 ❤

Janeiro ➳ Ir à praia com pessoas tão queridas e ainda ver a Anitta de pertinho por R$10, em meio a chuva, pés sujos de lama, tatuagem recém feita e um copo de 1 litro de bebida perdido em vão.

 

Fevereiro ➳ Visitar Campos do Jordão com uma das minhas companhias favoritas da vida e me (re)encantar por essa cidade.

 

Março ➳ Dos rolês que a gente marca sem saber ao certo o motivo, mas é nesses dias que eu tenho a certeza que estou rodeada das melhores pessoas do universo. Vocês são minha família, minha vida ❤

 

Abril ➳ Começar as entrevistas para o TCC e estrear em grande estilo com o Carl Honoré (Carlinhos, nosso brother). Um dia para aprender o quanto é importante desacelerar.

Abril ➳ Ir à praia novamente com mais pessoas queridas e entender que, na verdade, eu nunca estive sozinha.

 

Maio ➳ Abraçar as meninas do Depois das Onze e ainda escutar a Gabie me desejar “boa sorte” com meu ruivo.

 

Maio ➳ Ouvir o Ed cantar Give Me Love pela segunda vez na vida.

 

Junho ➳ Ter a coragem de cortar o cabelo curtinho e me (re)descobrir mais forte.

Julho ➳ Itacaré. Um das viagens mais incríveis que fiz (e farei) na vida, com uma energia que não vou encontrar em nenhum outro lugar.

 

Agosto ➳ Esbarrar no caminho do senhor Genival, que me ensinou tanto sobre simplicidade e afeto. Espero que você esteja plantando bananeiras e espalhando felicidade onde estiver.

 

Setembro ➳ Passar um final de semana ao lado de pessoas maravilhosas em um sítio maravilhoso com uma piscina maravilhosa e comida, bebida e músicas maravilhosas.

 

Outubro ➳ Fazer 21 com direito à uma festa de sereia.

Novembro ➳ Ter a chance de ouvir a Dua Lipa cantar bem pertinho graças a essa pessoa teimosa, porém sensacional.

 

Dezembro ➳ Me formar como técnica em nutrição e jornalista.

 

2017 foi um ano de fechar ciclos e interromper alguns, mas só para poder reencontrá-los com outra perspectiva e muito mais amor e maturidade. 2017 não foi o que eu queria, mas talvez tenha sido o que eu precisava. Espero que tudo aquilo o que eu aprendi e vivi neste ano me tornem a pessoa que eu preciso ser para alcançar a vida que desejo ter.

 

Como eu comentei no vídeo comemorando o primeiro aninho do Entre Anas (esse ano não fiz nada, que vergonha!), o blog é o responsável por muitas das minhas mudanças e aprendizados. Principalmente neste mês, em que me propus algo totalmente novo, mas tão recompensador. Não em questão de número, mas porque percebi como realmente sou capaz se quero algo com todas as minhas forças. Como eu mesma me coloco limites desnecessários e como esse espaço é uma fonte de inspiração e amor. Como eu não posso nunca deixar de lado aquilo o que de fato me faz bem.

 

Então, vamos relembrar tudo o que rolou por aqui em dezembro?

 

Os melhores momentos do Entre Anas ❤

 

❤ ➳ Meus favoritos. 

🌱 ➳ Sobre veganismo. 

🎅🏽 ➳ Especial de natal. 

💫 ➳ Mais acessados. 

 

31 coisas em 31 dias 

Livros para mudar de vida ❤

Lista de produtos para uma maquiagem vegana de natal 🎅🏽

10 dicas para reduzir o lixo no dia a dia 

Substituições veganas: alimentos vegetais fontes de cálcio 🌱

Rodízio japonês vegano: minhas impressões sobre o sushimar 🌱

Transforme seu natal em 6 atitudes🎅🏽❤

Famílias veganas para acompanhar 🌱

Onde encontrar chocotone e panetone vegano em São Paulo?🌱

Substituições veganas: fontes de ferro vegetal🌱

Presentes feministas para empoderar as minas nesse natal🎅🏽💫 

Como sobreviver ao natal (e não ser um babaca!)🎅🏽💫 

Uma carteira vegana para chamar de sua🌱

Consumo consciente de acessórios + SORTEIO❤

5 perguntas para fazer compras conscientes❤

10 filmes natalinos🎅🏽

Sobre magia e saudade da Disney

Sorvete vegano da Dona Nuvem🌱

15 motivos para assistir Extraordinário💫 

Substituições veganas: fontes de proteína vegetal🌱

Wishlist (ou presentes) menos lixo

O que eu comi hoje (vegano) parte 2🌱

Dicas de presente de natal de última hora🎅🏽

Para entrar no espírito natalino🎅🏽

Pavê de amendoim com chocolate vegano🌱🎅🏽

Doar sangue pela primeira vez, como funciona?❤💫 

Resenha corretivo Dona Orgânica, vegano e natural🌱

Pare de perceber o erro💫 

Substituições veganas: como substituir o ovo?🌱💫 

Veganismo em 2017: notícias que nos deixaram felizes!🌱

 

Eu nem acredito que, depois de passar tantos meses sem postar, eu consegui produzir conteúdo todos os dias, gravar vídeos, divulgar no facebook, postar no instagram, fechar uma parceria e reafirmar ainda mais a minha paixão por esse cantinho tão meu, tão nosso ❤

 

Meus favoritos de 2017 ❤

Não vai ser um favorito extenso, estilo recebidos da Karol Pinheiro, mas acho válido compartilhar por aqui músicas, lugares, séries, canais, entre outras coisas que fizeram meu 2017 mais colorido.

 

Músicas: de acordo com o spotify o artista que eu mais escutei foi o Edinho e a música que mais ouvi foi Run Up do Major Lazer (amoooo!). Mas quero listar outras cinco: Lost In Your Light – Dua Lipa, I Can Be Somebody – Deorro, Donwtown – Anitta, Nessas Horas – Matheus & Kauan e Aquecimento das Potrancas – MC WM. Eclética, eu diria. 

 

Filmes: das estreias de 2017, Homem Aranha – De volta ao lar, Extraordinário e O Rei do Show (amei muito!) têm meu coração. 

 

Séries: The Sinner, Dark e As Telefonistas. 

 

Canais e blogs: esse ano eu viciei ainda mais em famílias youtubers, então Living Rosa, Team 2 Moms e a Lia Camargo fizeram parte da minha rotina, todos os santos dias. Outras menções honrosas são a Luísa Ferrari e a Clarinha

 

Lugares: sigo viciada em Novos Veganos e, agora, descobri uma pizzaria vegana perto de casa, seria meu sonho? Mas se eu pudesse escolher um lugar para voltar agorinha, seria Itacaré. 

 

Aquisições: meu planner da Donna Dolce (que é pra ano que vem, mas eu vibrei muito quando chegou!), minha coroa de sereia da El Gato e, claro, minha tatuagem nova!

 

➳ Livro: O Iluminado, do Stephen King, e Doutor Sono, a continuação. Minha meta em 2018 é ler o máximo de livros do SK que eu puder. 

 

Acho que isso encerra o meu adeus a 2017.

 

Que 2018 seja ainda melhor, que a gente se reencontre, se surpreenda e entenda que novos desafios são oportunidades de aprendizado. Muita coragem, muita força, muita maturidade, muita intuição, muito amor, muita essência, muita luz em 2018 💫❤

 

Por mais que a gente meta os pés pelas mãos, que a gente chore, brigue com o mundo, o destino sempre dá um jeito de te fazer enxergar além. De consertar tudo aquilo que foi quebrado, de colocar no lugar tudo aquilo que te faz bem e levar embora tudo aquilo o que não te serve. A gente risca, mas o destino vem e rabisca. E lá na frente você irá entender que a vida faz muitas voltas e curvas, mas o destino sempre cuida de você, para que no seu caminho todo o mal se transforme em bem querer – Fernando Suhet.

 

❤ Outros posts que você pode gostar ❤

 

➳ 7 vezes que o feminismo me ajudou

Armadilha do ego

Não seja um one upper

Como fazer a diferença e não ser um babaca

Ei, se liga, você é um babaca com boas referências

Como ter sororidade em 10 passos

Vídeos que te fazem pensar

 

Vem passear na categoria Experiências ❤

Também estou aqui: 

Instagram l Facebook l Twitter l Pinterest l Youtube


TAGS:




2 Comentários em “Tchau, 2017: melhores momentos e favoritos!”


Jaqueline

O Rei do Show veio no fim de ano mas já conquistou meu coração como um dos melhores filmes do ano! Eu amei ♥
http://www.blogflorescer.com

Luana

Sim, é bom demais! ♥


Deixe seu comentário:



Veja o que acontece por aí